segunda-feira, fevereiro 22

Windows 10 deve ganhar novas opções de gerenciamento de bateria

O Windows 10 está prestes a receber um recurso semelhante ao que temos nos smartphones, demonstrando de forma mais direta como os hábitos de utilização se refletem em um desgaste das baterias de notebooks. A novidade deve chegar na próxima grande atualização do Windows, marcada para chegar ainda neste ano, mas sem data exata divulgada.

O update Sun Valley, como é chamado internamente, deve trazer mudanças de interface e funcionamento do sistema operacional, sendo alardeada como a maior mudança no sistema operacional desde seu lançamento. E com ela, vem uma nova sessão de gerenciamento energética, focada exclusivamente na saúde da bateria dos notebooks com Windows 10.

Em um gráfico, os usuários poderão observar seu histórico de consumo energético ao longo das horas de uso, assim como os softwares que estão sendo os maiores vilões da autonomia da máquina. Junto com opções já tradicionais, que incluem a ativação automática de modos de economia ou a possibilidade de reduzir o brilho da tela após certo período de ociosidade está maior adição, o indicador de saúde da célula.


Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.

A ideia é que, com todas essas informações combinadas, o usuário seja capaz de entender melhor o desgaste natural do componente e saber exatamente qual o nível de carga que a bateria do dispositivo é capaz de segurar. Isso, entretanto, vai depender das fabricantes de notebooks, que deverão indicar a capacidade máxima antes de levar os produtos às lojas, de forma que a análise do sistema operacional seja assertiva.

Novas opções de gerenciamento de uso e saúde da bateria devem estar disponíveis na atualização Sun Valley do Windows 10, que deve chegar ainda neste ano (Imagem: Reprodução/MSPowerUser)

Da mesma forma, isso também significa que PCs já em uso poderão não contar com o novo recurso, quando lançado, a não ser que tais informações já estejam presentes e à disposição do sistema operacional. Além disso, não existem garantias de que o recurso efetivamente estará disponível na atualização Sun Valley, mas sua presença em liberações para testes, bem como o fato de ela estar funcionando sem aparentes problemas, indica que isso deve acontecer.

Por enquanto, porém, nada de confirmação oficial e a Microsoft segue trabalhando na atualização, ainda sem data para chegar. A companhia, também, não falou oficialmente sobre o recurso de saúde da bateria, que foi encontrado por um participante do programa de insiders do sistema operacional.

Além disso, a Microsoft também está desenvolvendo uma grande atualização focada em segurança e trabalho remoto, que foi divulgada oficialmente na última semana. Seja parte do pacote Sun Valley ou não, a ideia é que o update chegue ainda neste primeiro semestre com foco em uma maior compatibilidade e confiabilidade do sistema biométrico Hello para câmeras, além de melhorias nas proteções do sistema operacional com foco em trabalho remoto e políticas de grupos de usuários.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech: