Press "Enter" to skip to content

Vendas de soja de 2020/21 da Argentina atingem 29,4 mi t, diz governo

BUENOS AIRES (Reuters) – Os produtores da Argentina venderam um total de 29,4 milhões de toneladas de soja na safra 2020/21, após registrarem vendas em um período de sete dias de 475.600 toneladas, disse o Ministério da Agricultura nesta terça-feira.

O volume de vendas de uma das principais safras da Argentina ficou atrás em relação à safra anterior, quando no mesmo período cerca de 31,3 milhões de toneladas da oleaginosa foram comercializadas, disse o ministério em relatório com dados até 8 de setembro.

A colheita de soja 2020/21 na Argentina terminou em junho em 43,1 milhões de toneladas, de acordo com a bolsa de grãos de Buenos Aires, em comparação com as 49 milhões de toneladas na temporada 2019/20.

A soja é um dos principais impulsionadores dos dólares de exportação necessários para repor as reservas de moeda estrangeira no banco central, afetadas por uma recessão de três anos agravada no ano passado pela pandemia de Covid-19.

A bolsa de Buenos Aires estimou nesta terça-feira a safra 2021/22 de soja, que começará a ser semeada em outubro, em 44 milhões de toneladas.

Além disso o ministério também disse que as vendas de milho 2020/21 atingiram 39,7 milhões de toneladas, 3,2 milhões de toneladas a mais do que as vendas registradas no mesmo período do ano passado.

A bolsa estima que 50,5 milhões de toneladas de milho foram colhidas na safra 2020/21 e nesta terça-feira anunciou que espera uma safra recorde de 55 milhões de toneladas para a safra 2021/22. O plantio de milho começará nos próximos dias.

(Reportagem de Agustin Geist)

O post Vendas de soja de 2020/21 da Argentina atingem 29,4 mi t, diz governo apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Mission News Theme by Compete Themes.