sábado, março 6

Ubisoft inova no mercado gamer e leva a experiência dos grandes eventos para casa

Pioneira no novo formato de eventos de gameplay, a Ubisoft compreendeu o momento adverso causado pela pandemia e buscou uma solução inovadora com sessões remotas. Em 2020 promoveram seis eventos, com um total de 22 partidas de gameplay. Mais de 140 jornalistas, criadores de conteúdo e parceiros jogaram em suas casas, em primeira mão, os principais lançamentos do ano.

Para que a experiência fosse completa, nasceu a parceria com a startup nova-iorquina, Parsec, que apresenta ferramentas de streaming de vídeo com acesso ao SDK e kit de desenvolvimento de software, que permite integração com outras aplicações, como o Ubsoft Connect (programa para baixar os jogos na plataforma Windows), adquirindo alta performance de visualização e execução.

O youtuber e criador de conteúdo gamer, Patife, com mais de 2 milhões de inscritos, falou um pouco sobre sua experiência com o hands-on: “Tive a oportunidade de jogar antecipadamente os maiores lançamentos da Ubisoft neste ano. É uma oportunidade que antes só tínhamos se fossemos presencialmente até uma E3 da vida, e depois de extensos agendamentos e organizações de agenda jogávamos em um ambiente legal, mas não tão confortável para produção de conteúdo como nosso próprio estúdio/quarto. Isso amplia horizontes de acesso aos games, além de ser um tremendo incentivo para a produção de conteúdo”.

Com um extenso catálogo em experiências completamente diferentes para todos os perfis de jogadores, a Ubisoft abocanhou em 2019/2020 €1,534 bilhão em vendas globais. Falamos com Guilherme Sarda, head de community management da Ubisoft, sobre a nova movimentação:

Sobre os eventos remotos que foram realizados com o acompanhamento dos profissionais da Ubisoft em tempo real, como a empresa absorve sugestões para melhorar seus games ou mesmo estar mais próxima de seus clientes?

Estamos sempre ouvindo nossos fãs, seja em nossos eventos remotos, e em nossas comunidades online e redes sociais. O envolvimento do jogador com nossos produtos passa por diversas fases e temos equipes de gerentes de comunidade e outros profissionais que ativamente conversam e interagem com nossos jogadores, sempre certificando-se de que eles estão sendo ouvidos. Esses feedbacks são sempre compartilhados com os nossos estúdios ao redor do mundo, que os utilizam no desenvolvimento e aprimoramento de nosso catálogo e futuros títulos.

No caso dos eventos remotos, tivemos uma oportunidade inédita de manter esse procedimento, mesmo em momentos tão adversos, ao mesmo tempo que conseguimos construir uma estrutura para que jornalistas, criadores de conteúdo e nossos fãs pudessem ter acesso ao conteúdo antecipado dos nossos jogos mais aguardados, que na época, ainda não tinham sido lançados.

Foi possível identificar um crescimento de pessoas interessadas no universo dos games durante a pandemia e, consequentemente, foi preciso repensar uma “ampliação de alternativas” para conquistar e manter novos entrantes?

Sim, a pandemia trouxe novos olhares para nosso universo à medida que as pessoas procuravam por diferentes formas de se entreter enquanto estão em casa durante esse período. Felizmente a Ubisoft tem um extenso catálogo com experiências completamente diferentes para todos os perfis de jogadores. Isso significa que estávamos preparados para divertir, seja com uma jornada histórica viking com Assassin’s Creed Valhalla ou colocando a família pra dançar juntos com Just Dance 2021. Ele se mantém para jogos online do nosso catálogo que recebem atualizações constantes ao longo dos anos, como Rainbow Six Siege ou Brawlhalla.

Pudemos ver a mesma lógica se aplicando às plataformas, porque temos títulos tanto pagos quanto gratuitos para jogar nos consoles, PC e mobile. Então, o que pudemos reforçar foi que nossa estratégia de ter tantas opções ricas em conteúdo em diferentes frentes, estava preparada para essa chegada de novos jogadores, bem como para manter envolvidos aqueles que já estão conosco nessa jornada.

As perspectivas 2021 é de um amadurecimento ainda maior desse mercado? Como se tornar um segmento (ainda mais) de grande massa?

O mercado do entretenimento segue em crescimento em diferentes frentes e o de videogames lidera com faturamento recorde de 180 Bi em 2020. Vemos a mesma lógica com diferentes comportamentos entre plataformas e modelos, através de PC, mobile, console, títulos tradicionais e gratuitos para jogar, em amplo crescimento.

Além de continuar entregando conteúdo rico em experiência, tanto em história quanto em gameplay e serviço, futuramente esperamos apresentar ainda mais parcerias com outros players, bem como garantir mais acessibilidade aos jogadores. Em relação a parceiros, estamos muito felizes de recentemente termos anunciado que a franquia Star Wars fará parte dos nossos lançamentos, com um grande jogo sendo desenvolvido por um dos nossos principais estúdios, a Massive Entertainment, conhecida pela franquia The Division, entre outras.

Já quanto algumas inovações, isso pode se dar de diversas formas: recentemente anunciamos nossa plataforma Ubisoft Connect, com a possibilidade do jogador utilizar o mesmo save de um de seus jogos, independentemente de onde estiver jogando. São inovações como essa, que facilitam a vida e o ponto de entrada de novos usuários, que queremos expandir. Outro ponto importante, é que temos diversas formas de trazer perspectivas diferentes para nossos universos. Ppara nosso próximo lançamento da franquia Far Cry, por exemplo, temos atuando como vilão principal dentro do jogo, o ator Giancarlo Esposito, conhecido do público por suas atuações em Breaking Bad, The Mandalorian e outros vários momentos da sua trajetória cinematográfica. Essa colaboração da sua carreira no cinema e nosso título é algo que enxergamos como positivo e enriquecedor. São iniciativas como essas ao longo de inovação, parcerias e acessibilidade do nosso conteúdo que queremos entregar nossos jogos para um número cada vez maior de vozes.