Press "Enter" to skip to content

Strava busca unir mobilidade urbana, esporte e redes sociais em plataforma

Os aplicativos para celular e o site do Strava conectam milhões de pessoas ativas todos os dias. A mais forte plataforma para atletas e a maior comunidade esportiva do mundo, conta com mais de 66 milhões de atletas em 195 países – mais de 9 milhões apenas no Brasil. Mais de quatro bilhões de atividades foram compartilhadas no Strava e mais de 2 milhões de novos atletas inscrevem-se mensalmente. Na era do compartilhar, são mais de 4 milhões de fotos compartilhadas por semana.

No último mês, a marca anunciou que o Strava Metro, plataforma global sobre deslocamento em transporte não motorizado, está agora disponível de forma gratuita para urbanistas, governos municipais e ativistas que defendem infraestruturas seguras. Para ter acesso ao serviço, basta que as cidades façam uma solicitação para o Strava e apresentem para a empresa um plano de mobilidade urbana.  Números da plataforma mostram, por exemplo, que na cidade de São Paulo houve um crescimento de 248% no tráfego de bikes na ciclovia da Faria Lima em julho deste ano quando comparado com o mesmo mês do ano passado. A cidade de São Paulo, como um todo, teve um crescimento de quase 39% no total de atividades de bicicleta dentro do Strava no mês de julho e de mais de 31% em agosto

Falamos com Rosana Fortes, Gerente Geral da Strava no Brasil para entender melhor a atuação da plataforma e essa nova etapa de parcerias com administrações públicas:

The post Strava busca unir mobilidade urbana, esporte e redes sociais em plataforma appeared first on Exame.

Mission News Theme by Compete Themes.