domingo, fevereiro 21

Saiba como transformar ambientes com a ajuda de quadros e revestimentos

Paredes vazias, sem cor ou textura, não dão a melhor impressão. Será que tem um jeito de mudar – fácil e rápido – a situação? Claro que sim, com a inserção na decoração de molduras, quadros, murais de fotos e outros elementos. O texto a seguir traz algumas ideias bem bacanas de como fazer a melhor utilização de objetos assim dentro de casa.

Seu dinheiro está seguro? Aprenda a proteger seu patrimônio

Aqui temos dois exemplos bem opostos de preenchimento de paredes, com elementos que representam exatamente o “vazio” e o “cheio” total.

As molduras sem conteúdo e agrupadas – principalmente aquelas mais antigas, garimpadas em antiquários -, podem ser suficientemente atrativas, formando uma arte única. Já os espelhos refletem outros elementos ao redor, dando mais movimento às decorações.

Nos dois casos, é preciso estudar, com cuidado, os efeitos visuais resultantes – de luz e sombra ou de reflexão da luz, além da duplicação de imagens.

Painéis e quadros
Paredes também podem ser preenchidas com painéis de todos os tamanhos, feitos de vários materiais diferentes – como tábuas de madeira.

Têm aqueles grandes painéis de arte gráfica cujo objetivo é destacar, na decoração, o brilho, a cor e os relevos da própria pintura, mas sem acompanhamento de moldura. Já os quadros completos têm a moldura e mais a esparta – parte interna da moldura -, com a função de destacar o conteúdo no centro.

Ambiente criado por Andrea FonsecaViva Decora/Divulgação

São tipos de molduras para quadros: madeira laqueada, madeira com tratamento de policromia, folheação a ouro ou prata, madeira natural, metal e passe partout.

Adesivos e papéis de parede são mais uma linda opção de preenchimento de paredes, podendo cobrir toda uma superfície. O mais legal dos novos modelos vendidos no mercado é que eles quase sempre vêm em diversas cores e texturas.

A grande maioria tem película vinílica, que facilita a limpeza. E tem ainda aqueles que imitam três dimensões, dando um efeito espetacular na decoração dos ambientes.

Pode-se também tornar mais atrativas as paredes de casa com gravuras montadas a partir de recortes de revistas, por exemplo, ou pintadas com grafite. Mas tem uma tendência que está ainda mais em alta que é a dos jardins verticais ou dos quadros vivos – com moldura, podendo serem deslocados ou transportados para outra posição.

Ambiente criado por Beto Galvez e Nórea de VittoViva Decora/Divulgação

Os porta-retratos também podem funcionar como quadros. São peças prontas, com o centro vazio reservado para a colocação de fotos 10×15, 13×18, 15×21, 20×25, e mais.

Podemos utilizar vários deles – em estilos, tamanhos, cores, acabamentos e formatos diferentes – para compor uma decoração bem eclética e cheia de estilo. E esta galeria deve trazer muito mais personalidade para o cenário, oferecendo uma sensação bastante alegre.

São opções de organização de porta-retratos em galerias de fotos: simétrico ou assimétrico; com mesmo espaçamento ou espaçamento diferente entre as peças; molduras idênticas ou diferentes; em sentido horizontal ou vertical, lado a lado; e na diagonal; acompanhando linha de rampas e escadas.

Como fazer artesanalmente?
Podemos utilizar quadros e porta-retratos em vários cantinhos especiais das decorações montadas dentro de casa.

Por exemplo, em um recanto de leitura, num corredor, sobre o sofá da sala, sobre a cama do quarto, perto da mesa de jantar, na parede oposta do espelho do lavabo, e mais. E estas peças devem justamente ajudar a enfatizar a temática escolhida para a própria decoração.

Se você já sabe quais figuras irá utilizar para preencher as paredes da sua casa, já pode escolher o tipo de moldura para elas – de linhas clássicas ou modernas.

Ambiente criado por Dalanezi Arquitetura+DesignViva Decora/Divulgação

E tais artigos, como um todo, poderão combinar ou contrastar com os elementos ao redor – de forma coerente, tornando o cenário visualmente mais bonito e equilibrado. Tudo irá depender da sua intenção.

Molduras prontas, principalmente antigas, de alto valor estético, são sempre um ótimo investimento. E levando para uma empresa especializada, a qualidade do serviço de emolduramento – podendo vir com acabamento protetor na parte de trás mais vidro antirreflexo – é um custo que compensa. Mas você também pode inovar, criando uma peça personalizada, feita com as suas próprias mãos.

Uma opção é confeccionar as molduras com materiais descartados, como madeira reciclada pintada ou envernizada. Também é possível utilizar massa acrílica especial, EVA e papelão – adornado com conchas, miçangas, palitos de churrasco ou gravetos secos pintados utilizando cola quente. Com estes materiais é possível criar molduras em formas bem ousadas e inusitadas. Aposte também nesta ideia.

Essas dicas para a decoração de paredes foram criadas pela equipe Viva Decora.