terça-feira, fevereiro 23

Rover Perseverance registrou vídeo e sons enquanto pousava em Marte; veja!

Em 18 de fevereiro, o rover Perseverance pousou com sucesso na cratera Jezero, em Marte (levando também o helicóptero Ingenuity), para iniciar investigações de possíveis sinais de vida presentes por lá. Nisso, os últimos minutos da complexa sequência de entrada, descida e pouso em Marte foram filmados, e revelam também as primeiras gravações de áudio no Planeta Vermelho feitas pelo novo rover.

As filmagens foram iniciadas quando o rover estava a 11 km de altitude da superfície de Marte, e registraram o momento da abertura dos paraquedas mais massivos já enviados para outro planeta. Ao fim do vídeo, vemos o rover pousando na cratera. “O Perseverance acabou de começar a operar, e já forneceu algumas das imagens mais icônicas da história da exploração espacial”, disse Steve Jurczyk, administrador interino da NASA.

Confira o vídeo dos chamados “sete minutos do terror” durante o pouso:


Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!

 

Thomas Zurbuchen, administrador associado na agência espacial, comentou que este vídeo nos permite chegar o mais próximo possível de pousar em Marte sem a necessidade de um traje pressurizado — e, de fato: a filmagem, feita de um “lugar vip” das câmeras nos componentes envolvidos, começa a 230 segundos depois de a nave entrar na atmosfera superior do planeta, à velocidade de 20 mil km/h. O vídeo começa com tudo escuro, porque as lentes da câmera estavam cobertas pelo compartimento dos paraquedas.

Depois, eles se abrem em menos de 1 segundo. O vídeo também mostra o escudo de calor sendo liberado após proteger o rover durante a entrada pela atmosfera de Marte. Já na câmera de visão frontal, o Perseverance é mostrado balançando delicadamente, como um pêndulo, conforme o estágio descendente abre seus paraquedas. A paisagem do Planeta Vermelho vai entrando lentamente no campo de visão, enquanto o estágio descendente se libera para realizar sua manobra final.

A filmagem é finalizada com as rodas do Perseverance tocando a superfície da cratera Jezero, à velocidade de 2,6 km/s. Durante a descida, o microfone incorporado ao rover não pôde coletar dados de valor científico, mas o dispositivo sobreviveu ao procedimento e já coletou sons da cratera Jezero, obtidos no dia 20 de fevereiro. Em cerca de 10 segundos da gravação, é possível escutar uma leve brisa, acompanhada de sons mecânicos do rover operando na superfície.

Confira:

Dave Gruel, engenheiro líder da câmera EDL no Perseverance, explica que o sistema de câmeras foi colocado na nave não só para a equipe entender a performance na entrada, descida e pouso, mas também para que o público fosse “levado” para o pouso: “sabemos que o público é fascinado pela exploração de Marte, então adicionamos o microfone da EDL Cam ao veículo porque esperamos incrementar a experiência, principalmente para os fãs com deficiência visual, além de engajar e inspirar pessoas em todo o mundo”, finaliza.

Depois do pouso, a equipe do Perseverance continua realizando as inspeções iniciais dos sistemas do veículo e de seus arredores. A equipe irá verificar os sete instrumentos que o equipam, além de realizar observações do clima. Um dos principais objetivos da missão do Perseverance é a busca por bioassinaturas e, para isso, o veículo irá caracterizar a geologia do planeta e os mistérios de seu clima no passado.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech: