segunda-feira, abril 5

Quem gostou da decisão do ministro de Bolsonaro no STF? O coisa-ruim

Até Jair Bolsonaro, os presidentes brasileiros costumavam acender uma vela para Deus e outra para o diabo. O atual presidente vem inovando, ao acender todas para o coisa-ruim. Veja-se, por exemplo, essa decisão em caráter liminar do ministro de Bolsonaro no STF, o senhor K: ele decidiu monocraticamente retirar os lugares de culto religioso das quarentenas impostas por governadores e prefeitos. Para ele, ir a um templo ou a uma igreja é essencial como ter de comprar antibiótico…

Leia este conteúdo na integra em: Quem gostou da decisão do ministro de Bolsonaro no STF? O coisa-ruim