quarta-feira, abril 7

Primeiro navio de carga movido a hidrogênio vai operar no rio Sena

A empresa francesa Compagnie Fluvial de Transport (CFT) está desenvolvendo o primeiro navio de carga movido a hidrogênio do mundo, feito em parceria com o projeto europeu Flagships. A revista Renewable Energy revelou que sua primeira viagem deve acontecer ainda em 2021, no rio Sena, em Paris.

O navio irá usar hidrogênio comprimido, produzido a partir da eletrólise (reação química provocada por passagem de corrente elétrica), como única fonte de energia. O barco não irá navegar pelos oceanos, e sim transportar mercadorias ao longo do rio Sena.

Para implantar dois navios de hidrogênio na França e na Noruega, o projeto Flagships recebeu 5,9 milhões de euros (por volta de 39 milhões de reais) de financiamento em 2018 do programa de Pesquisa e Inovação da União Europeia, Horizon 2020. O consórcio inclui 12 empresas europeias, incluindo a CFT.

“O transporte marítimo sustentável é um pré-requisito para atingir as metas nacionais e internacionais de redução de emissões”, disse Jyrki Mikkola, coordenador do projeto Flagships.

De primeira, o plano era desenvolver um empurrador de hidrogênio para ficar na região de Lyon, na França, mas eventualmente a ideia se desenvolveu para um navio de carga. Atualmente, dois navios estão em construção e um navio-conceito movido a hidrogênio está navegando em Paris.

“A demanda por tecnologias mais sustentáveis ​​no transporte hidroviário interior está aumentando”, disse Matthieu Blanc, diretor da CFT, à revista Renewable Energy. “Como parte do projeto Flagship, estamos felizes por liderar o caminho na redução de emissões de transporte e demonstrar as características superiores das células de combustível de hidrogênio em aplicações aquáticas.”