Press "Enter" to skip to content

Prêmios dos títulos públicos negociados no Tesouro Direto sobem no início desta quinta-feira

SÃO PAULO – As taxas pagas pelos títulos públicos voltam a subir no início das negociações feitas pela plataforma do Tesouro Direto nesta quinta-feira (1). A atenção dos investidores ainda está nos desdobramentos sobre a cobrança mais alta no preço da bandeira vermelha patamar 2 para julho e na possibilidade de mais reajustes nos meses seguintes pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

O receio do mercado é que a decisão gere mais pressões inflacionárias e, consequentemente, um ajuste mais duro nos juros por parte do Banco Central.

Ainda no cenário nacional, o investidor acompanha hoje dados de emprego divulgados pelo novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Na primeira atualização de preços do Tesouro Direto, o prêmio do título com vencimento em 2024 subia de 8,11%, no fechamento de quarta-feira, para 8,15%, na manhã desta quinta-feira. Da mesma forma, a taxa do papel prefixado com vencimento em 2026 avançava de 8,49% para 8,51%.

Leia também:
Tesouro Direto: títulos públicos têm queda de até 6,50% dos preços em junho e de mais de 13% no semestre

Entre os papéis com retornos atrelados à inflação, os títulos do tipo Tesouro IPCA+ com vencimentos em 2035 e 2045 pagavam retorno real de 4,15%, contra 4,09% na sessão anterior. No mesmo horário, os títulos com vencimento em 2055 e juros semestrais ofereciam juro real de 4,42%, diante dos 4,39% pagos um dia antes.

Confira os preços e as taxas atualizadas de todos os títulos públicos disponíveis para compra no Tesouro Direto nesta quinta-feira (1):

Fonte: Tesouro Direto

Emprego e produção industrial

Na agenda doméstica, o mercado monitora a divulgação dos dados sobre o saldo líquido de vagas criadas em maio pelo Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Segundo a mediana de pesquisa Refinitiv, o mercado espera criação líquida de 150 mil vagas de trabalho com carteira assinada em maio pelo Caged.

Com metodologia diferente, o IBGE também divulgou ontem dados sobre o emprego no país. Segundo a instituição, a taxa de desemprego no país foi de 14,7% no trimestre fechado em abril, 0,5 ponto percentual acima do trimestre encerrado em janeiro.

Na comparação com os números entre novembro e janeiro, o número de desempregados cresceu 3,4%, com mais 489 mil pessoas desocupadas, totalizando 14,8 milhões buscando um trabalho no país.

CPI da Covid

Ainda no Brasil, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia do Senado Federal recebe, nesta quinta-feira (1), Luiz Paulo Dominguetti, autointitulado representante da empresa Davati Medical Supply.

O executivo foi convocado a depor após afirmar, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, ter recebido pedido de propina de representante do Ministério da Saúde para facilitar a celebração de contrato envolvendo a venda de 400 milhões de doses da vacina contra Covid-19, produzida pelo laboratório AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford.

Reforma tributária

Ainda no cenário nacional, com a sinalização de que o projeto de lei referente à reforma tributária encaminhado na última sexta-feira (25) pelo governo pode sofrer mudanças no Congresso, investidores continuam a acompanhar de perto o tema.

No caso dos títulos públicos, o governo propõe que os rendimentos sejam tributados na fonte com uma alíquota única de 15%, a partir de 1º de janeiro de 2022. Hoje, segundo a tabela regressiva do IR, a tributação da renda fixa é de 22,5% para aplicações de até 180 dias, com uma alíquota que cai gradualmente e chega a 15% apenas para investimentos acima de 720 dias.

Leia mais:
• Quais investimentos poderão manter a isenção de IR com a reforma tributária?

De olho no exterior

No cenário internacional, investidores seguem de olho nos sinais de recuperação da economia e no avanço da inflação. Analistas verificam se a pressão inflacionária tem caráter mais temporário ou se poderia durar mais tempo do que o previsto, o que poderia levar o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) a antecipar ajustes na taxa de juros do país.

Nesta quinta, as atenções recaem sobre dados de novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos. O mercado também acompanha a alta em algumas commodities, como do petróleo, no dia da aguardada reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+).

Taxa de custódia

O investidor com aplicações em títulos públicos por meio do Tesouro Direto também deve se preparar para a cobrança do único custo obrigatório que recai sobre o programa.

Nesta quinta-feira (1), será feita a cobrança pela B3 da taxa de custódia, que corresponde a 0,25% ao ano, com divisão em duas parcelas de 0,125%, e recai sobre o valor total aplicado pelo Tesouro. O custo é referente aos serviços de guarda dos títulos e às informações e movimentações dos saldos.

As estratégias dos melhores investidores do país e das melhores empresas da Bolsa, premiadas num ranking exclusivo: conheça os Melhores da Bolsa 2021

The post Prêmios dos títulos públicos negociados no Tesouro Direto sobem no início desta quinta-feira appeared first on InfoMoney.

Mission News Theme by Compete Themes.