sexta-feira, março 5

Por que investir em FIPs, ou Fundos de Investimentos em Participações

 

(CONDADO DA FARIA LIMA) – A partir desta semana, deixaremos a agenda de sexta-feira do Coffee & Stocks para falar de um “tema livre”. Pretendemos aproveitar esse dia para aprender coisas novas e falar de temas que não costumamos falar durante nossa programação normal. Nesta sexta (5/mar), o tema foi “Fundos de Investimentos em Participações”, ou somente FIPs.

Conversamos com Túlio Machado, sócio da XP e gestor responsável pelo FIP Infraestrutura XP Infra II, fundo que inclusive é listado em bolsa (basta digitar XPIE11 no seu homebroker e verá). O fundo vai completar 2 anos de vida em abril e atualmente possui cerca de R$ 450 milhões de patrimônio líquido, investidos em 5 ativos de empresas transmissoras de energia, distribuidoras ou geradoras de energia solar.

O grande benefício de um FIP está na isenção tributária: não só o dividendo distribuído é isento de imposto de renda como também o ganho de capital, ou seja: se você vender a cota do fundo na bolsa por um preço maior do que comprou, você não precisa pagar IR. A desvantagem do produto é que ele ainda é disponível só para investidores qualificados (ou seja, quem tem mais de R$ 1 milhão). Embora isso esteja em negociação com reguladores para ser liberado para investidores em geral, não há previsão de quando vá acontecer.

Na parte final da entrevista, perguntei por que um Stock Picker deveria trocar as ações de uma empresa de energia pelas cotas de um FIP de Infraestrutura. A resposta (e todo o papo) você confere no vídeo acima ou direto no nosso canal no Youtube.

Para mais informações sobre FIPs, clique aqui e leia o texto feito pelo Fernando Ferreira, estrategista-chefe da XP.

Sobre o “Coffee & Stocks”

O Coffee & Stocks é o programa de entrevistas diário do Stock Pickers, transmitido de segunda a sexta no nosso youtube pontualmente das 8h às 8h30 da manhã. Cada dia da semana, um tema definido:
Segunda = análise técnica ou trading
Terça = visão macro do mercado
Quarta = ações globais
Quinta = uma tese de investimentos da B3
Sexta = tema livre

The post Por que investir em FIPs, ou Fundos de Investimentos em Participações appeared first on InfoMoney.