quinta-feira, maio 13

Paulo Gustavo morre aos 42 por complicações da covid-19

O ator Paulo Gustavo, 42, morreu na noite desta terça-feira (4), de acordo com informações divulgadas no último boletim da equipe médica. Internado desde o dia 13 de março com quadro grave de covid-19, chegou a ser submetido a uma terapia por ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea) para enfrentar as complicações da doença mas, nos últimos dias, sofreu uma embolia pulmonar. O ator deixa o marido, Thales Bretas, e dois filhos.

Às 21:12h desta terça-feira, 04/05, lamentavelmente o paciente Paulo Gustavo Monteiro faleceu, vítima da COVID-19 e suas complicações.

Em todos os momentos de sua internação, tanto o paciente quanto os seus familiares e amigos próximos tiveram condutas irretocáveis, transmitindo confiança na equipe médica e nos demais profissionais que participaram de seu tratamento.

A equipe profissional que participou de seu tratamento está profundamente consternada e solidária ao sofrimento de todos.

Boletim médio de Paulo Gustavo

Na últimos dias, a internet comemorou o boletim médico que indicou uma leve melhora na situação do ator, que chegou a acordar e conversar com o marido. Logo após, entretanto, um novo boletim informou sobre uma piora súbita causada por uma embolia pulmonar – que agravou o seu quadro de maneira irreversível.

A luta de Paulo Gustavo contra a covid-19 foi acompanhada com apreensão pelos milhões de fãs e seguidores nas redes sociais. Só na tarde desta terça (4), mais de 200 mil tweets com desejo de força e melhoras colocaram o nome do ator entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil. Amiga pessoal de Gustavo, a atriz Tatá Werneck pediu orações pelo amigo e criticou a circulação de boatos sobre sua morte.

Nascido em Niterói em 1978, Paulo Gustavo se formou na Casa das Artes de Laranjeiras em 2005. Um ano depois, estreou o monólogo “Minha Mãe é Uma Peça”, em que rodou o Brasil interpretando Dona Hermínia, uma mãe de família inspirada em sua própria mãe. Além de rende uma indicação ao prêmio Shell de melhor ator para Paulo Gustavo, em 2013 o espetáculo ganhou uma versão para o cinema, sendo o filme nacional mais assistido daquele ano, com mais 4,6 milhões de espectadores. Com o sucesso, o longa ainda ganhou duas continuações, em 2016 e 2019.

Bissexual desde a adolescência, Paulo Gustavo se casou com o dermatologista Thales Bretas em 2015. Mais recentemente, em 2019, após algumas tentativas, o casal conseguiu gerar dois filhos através de barrigas de aluguel. Romeu e Gael nasceram em agosto de 2019.