quarta-feira, março 3

Os ministros que anularam a quebra de sigilos de Flávio Bolsonaro deveriam estar no STF

Como noticiamos, a Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça anulou as quebras do sigilo bancário e fiscal do senador Flávio Bolsonaro no processo em que ele é acusado de organização criminosa, peculato e lavagem de dinheiro quando era deputado estadual no Rio de Janeiro. O conjunto de gatunagens que ficou popularmente conhecido como “rachadinhas”…

Leia este conteúdo na integra em: Os ministros que anularam a quebra de sigilos de Flávio Bolsonaro deveriam estar no STF