quarta-feira, março 3

Os 10 melhores episódios de Glee

Glee foi uma série muito a frente do seu tempo. Com seis temporadas ao todo, a produção lançada em 2009 trouxe diversos assuntos de alta importância para a tela numa época em que não era comum vê-los na televisão, como relacionamentos homoafetivos, bullying, racismo, intolerância religiosa e até questões mais delicadas, como suicídio, saúde mental e violência doméstica.

Foram mais de 70 prêmios durante o período em que Glee foi exibida, além de altos índices de audiência entre 2009 e 2015 em 60 países, mais de 43 milhões de músicas vendidas e duas turnês com ingressos esgotados. A série foi um verdadeiro fenômeno da cultura pop e um marco na história da televisão fechada, além de consolidar diversas carreiras do enorme elenco.

Na última sexta-feira (19), as seis temporadas da série passaram a integrar o catálogo do Disney+, além de já fazerem parte da Netflix e do Prime Video. Pensando nisso, o Canaltech selecionou os melhores episódios da comédia musical que você não pode deixar de incluir na sua maratona, destacando as icônicas performances em cada um deles e as importantes questões trazidas em suas histórias.


CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.

10. Trave

(Imagem: Divulgação / FOX)

Neste episódio, Kurt e Rachel estão se preparando para finalmente fazerem o teste de inscrição para NYADA (Academia de Artes Dramáticas de Nova York), a faculdade que ambos sonham cursar desde crianças. As audições serão realizadas por Carmen Tibideaux (Whoopi Goldberg, que faz uma participação especial), uma famosa veterana da instituição. Finn está preocupado com Puck, que não atingiu a média mínima para conseguir se formar. Enquanto isso, a técnica Beiste aparece com um olho roxo na escola, e Glee aproveita a situação para trazer questões sobre violência doméstica para a tela.

Trave é o 18º episódio da terceira temporada de Glee.

9. O poder de Madonna

(Imagem: Divulgação / FOX)

O Poder de Madonna é o primeiro episódio 100% dedicado a um artista em toda a série, e nada mais justo que homenagear a Rainha do Pop. Nele, Will Schuester tem a ideia de dedicar a semana inteira do Glee Club para Madonna após ver Sue Sylvester utilizar as músicas da cantora para treinar as cheerleaders. Ele também aproveita a iniciativa para trazer algumas lições sobre autoestima para as mulheres do clube. Hits icônicos e atemporais como Like a Prayer, Boderline, Open Your Heart e Express Yourself ganharam versões próprias da série, incluindo uma performance exclusiva de Sue para a música Vogue, com direito a figurino e cenário caracterizados.

O Poder de Madonna é o 15º episódio da primeira temporada de Glee.

8. Adeus

(Imagem: Divulgação / FOX)

Adeus é o último episódio da terceira temporada da série e mostra mais que a metade do Glee Club se preparando para a graduação e enfim se despedirem das salas de aula e corredores do McKinley High. Nele, são registrados os últimos momentos dos personagens juntos como colegas de classe antes de receberem suas bolsas de estudo e oportunidades em faculdades ao redor do país. Os integrantes do Glee Club cantam músicas de despedida, incluindo In My Life, Forever Young e a emocionante performance de Roots Before Branches, de Lea Michele. O episódio é um dos mais importantes da série e promete arrancar lágrimas de todos os fãs, encerrando o ciclo de diversos atores do elenco como regulares e o tradicional questionamento “viveram felizes para sempre?”.

Adeus é o 22º episódio da terceira temporada de Glee.

7. O Término

(Imagem: Divulgação / FOX)

Enquanto Adeus abre margem para os fãs imaginarem finais felizes, O Término mostra que a vida não promete pegar leve quando se deixa o Ensino Médio. Após se mudarem para Nova York, Kurt e Rachel encontram dificuldades para manterem os relacionamentos com Blaine e Finn a distância, enquanto Brittany passa pelo mesmo problema com Santana, que atualmente está estudando em uma faculdade no Kentucky. Como se não bastasse, Will e Emma também veem a relação balançar após o professor receber uma proposta de emprego que o levará para morar em Washington durante pelo menos seis meses. De repente, todos os personagens precisam tomar a decisão de seguir seus sonhos solteiros ou se desdobrar para a vida amorosa dar certo, o que os leva a estrelarem a memorável performance de The Scientist, além de outras canções icônicas no episódio, como Don’t Speak, Give Your Heart a Break e Barely Breathing.

O Término é o quarto episódio da quarta temporada de Glee.

6. Poder Supremo

(Imagem: Divulgação / FOX)

Religião é a discussão principal nesse episódio de Glee, cujos roteiristas desdobraram a fé em diversas formas para mostrar que, no final das contas, cada pessoa possui suas convicções e não há uma verdade suprema. Tudo começa quando Finn crê que o rosto de Jesus Cristo apareceu em um sanduíche que fez, e passa a rezar para ele toda noite. Enquanto isso, o pai de Kurt, Burt Hummel, sofre um ataque cardíaco que faz o Glee Club prestar homenagens e apoiar o colega, que é ateu. Entre performances de músicas icônicas como I Look to You, I Want to hold Your Hand, Losing My Religion e a final One Of Us, os personagens trazem diversas interpretações do que é a figura de Deus.

Poder Supremo é o terceiro episódio da segunda temporada de Glee.

5. A Caminho

(Imagem: Divulgação / FOX)

O capitão dos Warblers, Sebastian Smythe, começa a chantagear o Glee Club com montagens eróticas de Finn e promete divulgá-las se Rachel não desistir de competir nas Regionais. Ela nega o pedido acreditando que a apresentação é crucial na sua inscrição para NYADA, o que causa uma briga entre ela e o namorado. Enquanto isso, Karofsky está sofrendo bullying em seu novo colégio após sua sexualidade ser divulgada por um colega de turma, e toma a decisão de tirar sua própria vida. O Glee Club se comove com o ocorrido e o episódio traz questões sobre saúde mental e suicídio para a tela.

A Caminho é o 14º episódio da terceira temporada de Glee.

4. Música Original

(Imagem: Divulgação / FOX)

Música Original é um episódio que marcou a história de Glee por diversos aspectos: apesar de não ser o primeiro beijo gay da série, foi o responsável por retratar a união de Kurt e Blaine como um casal, logo após a morte do canário dos Warblers, que levou Kurt a performar Blackbird como uma homenagem. Já no McKinley, o Glee Club está dedicado a levar composições originais para o campeonato regional, e Rachel mergulha na escrita, mas não consegue criar uma canção boa o suficiente para ganhar a competição. Entre as diversas músicas icônicas que ganharam uma nova versão nesse episódio estão Sing, do My Chemical Romance, Candles, da banda Hey Monday e Raise Your Glass, da cantora Pink.

Música Original é o 16º episódio da segunda temporada de Glee.

3. Eu Beijei Uma Garota

(Imagem: Divulgação / FOX)

Em Eu Beijei Uma Garota, Santana lida com o fato de ter sua sexualidade revelada ao público no episódio anterior e recebe apoio e ajuda dos colegas do Glee Club por meio de músicas e apresentações na sala do coral, apesar de ainda estar num grupo musical diferente com Brittany e Mercedes. Kurt e Blaine performam Perfect, da Pink, enquanto as meninas entregam sua versão de I Kissed a Girl na frente de toda a sala. A cena mais marcante e importante do episódio vem momentos depois, com Naya Rivera protagonizando uma conversa com sua abuela, assumindo não só sua sexualidade como também o relacionamento com Brittany.

Eu Beijei Uma Garota é o sétimo episódio da terceira temporada de Glee.

2. Nascido Desse Jeito

(Imagem: Divulgação / FOX)

Nascido Desse Jeito traz discussões sobre autoestima e amor próprio para a tela sob um dos maiores sucessos de Lady Gaga, Born This Way. Logo no início do episódio, Rachel sofre uma lesão em um dos ensaios do Glee Club, cujo tratamento a faz se questionar se não está na hora de fazer uma cirurgia plástica no nariz. Enquanto Quinn apoia a ideia, Lauren sabe que tem algo errado e está disposta a descobrir qual é o passado do rosto perfeito da cheerleader. A história traz todos os personagens dispostos a abraçarem suas inseguranças que os tornam únicos, estampando camisetas com suas características que muitas pessoas julgariam como defeitos.

Nascido Desse Jeito é o 18º episódio da segunda temporada de Glee.

1. O Casamento

(Imagem: Divulgação / FOX)

O pai de Kurt e a mãe de Finn estão prestes a dizer “sim” um para o outro, mas é claro que o casamento não seria como qualquer outro: logo no início da cerimônia, o Glee Club presenteia o casal com uma performance de Marry You, com direito a muita dança. Logo mais, na festa, Finn presta uma homenagem a Kurt, que tem tido uma semana difícil na escola, sofrendo bullying de Karofsky por ser gay. Agora irmãos, Hudson puxa Hummel para dançar Just The Way You Are na festa de casamento dos pais, acompanhado por todo o restante do clube do coral. Mesmo rodeado de amigos, Kurt não aguenta a pressão de andar nos corredores do McKinley e se despede da turma no final do episódio, anunciando sua mudança para um colégio particular.

O Casamento é o oitavo episódio da segunda temporada de Glee.

Menções honrosas

Acessórios

(Imagem: Divulgação / FOX)

O Glee Club está prestes a embarcar para as nacionais e Tina tem muito o que fazer com o figurino do clube, mas acaba sofrendo um acidente que a faz bater a cabeça muito forte e imaginar sua vida toda embaralhada. De repente, Santana é Artie, Will é Sue, Rory é Sam e ela é Rachel! Aproveitando a oportunidade de agora ter todos os solos que quiser, Tina protagoniza o episódio e é ovacionada pelo resto dos colegas ao cantar Because You Loved Me. Quando tudo volta ao normal, a colega aconselha Rachel a ver Carmen Tibideaux pessoalmente e tentar uma segunda chance para entrar na faculdade de seus sonhos, NYADA.

Acessórios é o 20º episódio da terceira temporada de Glee.

Michael

(Imagem: Divulgação / FOX)

O clima de preparação para as Regionais está pesado no McKinley High. Enquanto a turma está desapontada por não ter conseguido levar uma canção de Michael Jackson para as Seccionais, o Sr. Schuester decide que a próxima etapa da competição terá espaço para um dos sucessos do Rei do Pop. A notícia logo chega em Dalton Academy, e o líder dos Warblers não gosta nada da ideia: para ele, apenas um coral tem direito de performar uma música de Michael Jackson na competição. Isso leva a um episódio inteiro com muita rivalidade entre os grupos, mas também muitas apresentações icônicas do cantor, como I Just Can’t Stop Loving You, Bad, Wanna Be Startin’ Somethin’, Smooth Criminal e Black or White.

Michael é o 11º episódio da terceira temporada de Glee.

A Culpa é do Álcool

(Imagem: Divulgação / FOX)

Rachel vai ficar sozinha em casa e resolve fazer uma confraternização do Glee Club, mas a festa é muito sem graça no início, então Puck abre o armário de bebidas do pai da colega. A noite acaba ficando mais divertida a medida que os colegas começam a ficar bêbados, e então um jogo de spin the bottle rende um beijo entre Rachel e Blaine, que acabam tendo seu primeiro dueto na série com a música Don’t You Want Me?. Mais tarde, o clube acaba performando a canção Blame It, com todo mundo de ressaca, e se prepara para uma apresentação na frente de todo o colégio de um dos maiores sucessos de Ke$ha: Tik Tok.

A Culpa é do Álcool é o 14º episódio da segunda temporada de Glee.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech: