terça-feira, março 2

Onde assistir às séries e aos filmes vencedores do Globo de Ouro 2021

O Globo de Ouro é responsável por dar início à temporada de premiações logo no início do ano, reconhecendo as principais produções da televisão e do cinema — e serve como o principal “esquenta” para o Oscar. A cerimônia tradicionalmente ocorre no primeiro domingo de janeiro, mas em 2021, excepcionalmente, o evento foi adiado e aconteceu neste domingo (28), por conta da pandemia de COVID-19.

Com a maioria dos convidados aceitando os prêmios de forma remota, a 76ª edição do Globo de Ouro contou com a ajuda da tecnologia para conectar todos os candidatos à estatueta de forma simultânea e acompanhar a cerimônia em tempo real. Em um panorama geral, a Netflix foi a empresa com mais prêmios da noite, totalizando dez estatuetas, enquanto a Amazon apareceu logo em seguida, com três; Disney, Pop TV e Searchlight empataram com duas vitórias.

Entre os maiores destaques da noite está a série The Crown, que venceu todas as categorias em que foi indicada. O Gambito da Rainha e Schitt’s Creek também se destacam por levar prêmios em duas categorias. Já no cinema, Chadwick Boseman levou um prêmio póstumo por sua atuação em A Voz Suprema do Blues e Borat 2 desbancou Hamilton, conquistando as frentes de comédia e musical. O última e principal segmento do Globo de Ouro ficou para Nomadland, que levou como Melhor Filme e Melhor Direção. Confira onde assistir aos premiados:


Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.

The Crown

(Imagem: Divulgação / Netflix)

Revivendo o legado de Lady Di, The Crown foi o grande destaque da noite do último domingo em Los Angeles. A série foi reconhecida não só pela atuação de Emma Corrin como Princesa Diana, como também pelo trabalho de Gillian Anderson, que viveu Margaret Thatcher na quarta temporada e também levou uma estatueta para casa. O Príncipe Charles de Josh O’Connor desbancou fortes concorrentes como Matthew Rhys, Al Pacino, Jason Bateman e Bob Odenkirk; e ganhou o Globo de Ouro de Melhor Ator em Série de Drama. A principal categoria do gênero ficou para a atração.

The Crown está disponível na Netflix.

O Gambito da Rainha

(Imagem: Divulgação / Netflix)

Estreando Anya Taylor-Joy na premiação, a minissérie que ganhou os assinantes da Netflix também fez história no Globo de Ouro. Adaptada do livro homônimo escrito por Walter Tevis, O Gambito da Rainha foi Melhor Série Limitada ou Filme para TV, além de ser responsável por premiar a intérprete de Beth Harmon com a estatueta de Melhor Atriz da categoria.

O Gambito da Rainha está disponível na Netflix.

Schitt’s Creek

(Imagem: Divulgação / Pop TV)

A última temporada de Schitt’s Creek levou todas as estatuetas do Emmy no ano passado. Em 2021, a série também marcou presença no Globo de Ouro. A comédia familiar conseguiu superar as favoritas The Flight Attendant e The Great, com Catherine O’Hara levando o prêmio de Melhor Atriz da categoria, enquanto a produção levou o principal da noite: o prêmio por Melhor Série de Comédia ou Musical.

Schitt’s Creek está disponível no Prime Channel da Paramount.

Ted Lasso

(Imagem: Divulgação / Apple TV+)

Ted Lasso pode estar escondida no catálogo do Apple TV+, mas não para a Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood. A série de comédia esportiva se destacou na categoria de atuação, com o protagonista Jason Sudeikis conseguindo bater indicados que eram considerados favoritos, como Eugene Levy de Schitt’s Creek e o veterano Ramy Youssef de Ramy. Infelizmente, a produção não conseguiu levar o Globo de Ouro de Melhor Série de Comédia ou Musical, mas já está renovada para mais duas temporadas — então, esperança é o que não falta para as próximas edições!

Ted Lasso está disponível no Apple TV+.

Small Axe

(Imagem: Divulgação / Amazon Studios)

O eterno Finn da mais recente trilogia de Star Wars acabou levando uma estatueta para casa na noite de ontem, por seu papel em Small Axe, série da Amazon Studios que mostra as tensões políticas e a luta por direitos dos imigrantes na Inglaterra entre os anos 1960 e 1980. John Boyega foi o grande vencedor da categoria Melhor Ator Coadjuvante em Série, superando nomes como Dan Levy de Schitt’s Creek e Jim Parsons em Hollywood.

Small Axe está disponível no Globoplay.

I Know This Much Is True

(Imagem: Divulgação / HBO)

Favorito da categoria devido ao Emmy do ano passado, Mark Ruffalo levou o Globo de Ouro de Melhor Ator em Série Limitada ou Filme para TV pela série I Know This Much is True. O ator de Vingadores dá vida a não só um, mas dois personagens diferentes na produção original para a HBO, demonstrando sua versatilidade na tela e mostrando que a estatueta foi mais do que merecida.

I Know This Much Is True está disponível no HBO Go.

A Voz Suprema do Blues

(Imagem: Divulgação / Netflix)

A Voz Suprema do Blues, o último filme de Chadwick Boseman também fez história no Globo de Ouro. O ator venceu a categoria de atuação em Melhor Filme de Drama, com sua esposa recebendo o prêmio póstumo e emocionando todos os indicados que estavam presentes. “Ele agradeceria a Deus, seus pais, seus ancestrais, à sua incrível equipe. Ele diria algo bonito, algo inspirador. Algo que amplificaria a voz dentro de todos nós, que nos faria seguir em frente neste momento”, discursou a viúva Simone Ledward, em agradecimento.

A Voz Suprema do Blues está disponível na Netflix.

Os 7 de Chicago

(Imagem: Divulgação / Netflix)

Outro dos destaques da noite foi a produção original da Netflix Os 7 de Chicago, acabou vencendo um dos prêmios mais importantes da noite, o de Melhor Roteiro, assinado e recebido por Aaron Sorkin, que o coloca como um dos favoritos para a categoria na a última premiação da temporada, o Oscar. O longa desbancou nomes fortes que concorriam na mesma categoria, Bela Vingança, Mank, Meu Pai e o favorito Nomadland.

Os 7 de Chicago está disponível na Netflix.

Borat: Fita de Cinema Seguinte

(Imagem: Divulgação / Amazon Studios)

Sacha Baron Cohen era um dos principais destaques da lista de indicação do Globo de Ouro, sendo nomeado tanto por sua atuação em Os 7 de Chicago quanto Borat 2, e por este último, o ator faturou a estatueta de atuação em Melhor Filme de Comédia ou Musical, desbancando Lin-Manuel Miranda no bem avaliado Hamilton. Além dele, Borat: Fita de Cinema Seguinte foi o vencedor da categoria de Melhor Filme do gênero. Infelizmente, Maria Bakalova acabou perdendo a categoria de Melhor Atriz para Rosamund Pike.

Borat 2 está disponível no Prime Video.

Eu Me Importo

(Imagem: Divulgação / Netflix)

Falando nela, Rosamund Pike foi a responsável por levar um Globo de Ouro para seu mais recente lançamento para a Netflix: Eu Me Importo. A atriz faturou a categoria de atuação feminina em Comédia ou Musical, superando nomes como Kate Hudson em Music, Anya Taylor-Joy em Emma, Michelle Pfeiffer em French Exit e a já citada Maria Bakalova de Borat 2.

Eu Me Importo está disponível na Netflix.

Nomadland

(Imagem: Divulgação / Searchlight Pictures)

O grande destaque da noite é Nomadland, que levou para casa estatuetas de duas categorias concorridíssimas: a de Melhor Direção e Melhor Filme de Drama, o que torna o filme um dos grandes competidores para o prêmio da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, o Oscar. Chloé Zhao (diretora de Os Eternos) superou David Fincher, Regina King, Emerald Fennell e Aaron Sorkin com um longa de cunho político que aborda diversos interesses e questões de uma sociedade pós-moderna.

Nomadland ainda não estreou no Brasil.

Estados Unidos Vs Billie Holiday

(Imagem: Divulgação / Paramount)

Uma das grandes surpresas da noite foi o prêmio para Andra Day por seu papel de Billie Holliday na categoria de Melhor Atriz em Filme de Drama. Até mesmo para realizar seu discurso, a atriz foi pega de surpresa e não deixou de agradecer imensamente suas concorrentes: Viola Davis, Vanessa Kirby, Frances McDormand e Carey Mulligan, considerada a favorita para o prêmio. Definitivamente, Estados Unidos Vs Billie Holiday é um filme para se ficar de olho.

Estados Unidos Vs Billie Holiday ainda não estreou no Brasil.

Judas e o Messias Negro

(Imagem: Divulgação / Warner Bros.)

Disposto a contar a história da ascensão e queda de Fred Hampton, o ativista dos direitos dos negros e revolucionário líder do partido dos Panteras Negras, Judas e o Messias Negro levou o primeiro prêmio da noite do último domingo, com o Globo de Ouro de Melhor Ator Coadjuvante em Filme para Daniel Kaluuya. O ator superou Sacha Baron Cohen em Os 7 de Chicago, Jared Leto em Os Pequenos Vestígios, Bill Murray em On The Rocks e Leslie Odom, Jr. em Uma Noite em Miami.

Judas e o Messias Negro está em cartaz nos cinemas.

The Mauritanian

(Imagem: Divulgação / STXFilms)

Concorrendo com nomes fortes e veteranos de premiações como Amanda Seyfried, Olivia Colman e Glenn Close, Jodie Foster levou a estatueta de Melhor Atriz Coadjuvante em Filme para casa por seu papel em The Mauritanian. O longa conta a história real da luta de Slahi pela liberdade depois de ser detido e preso sem provas concretas pelo governo dos Estados Unidos durante muitos anos. Foster interpreta Nancy Hollander, sua advogada de defesa.

The Mauritanian ainda não estreou no Brasil.

Soul

(Imagem: Divulgação / Disney)

Sucesso da Pixar e do Disney+, Soul emocionou também à Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood e levou a categoria de Melhor Filme de Animação, superando Dois Irmãos, Os Croods 2, A Caminho da Lua e Wolfwalkers. O filme também faturou a estatueta de Melhor Trilha Sonora, premiando os músicos Trent Reznor, Atticus Ross e Jon Batiste.

Soul está disponível no Disney+.

Minari – Em Busca da Felicidade

(Imagem: Divulgação / Diamond Films)

O polêmico Minari – Em Busca da Felicidade levou o prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira no Globo de Ouro 2021, superando o favorito Druk, da Dinamarca, e até mesmo o italiano Rosa e Momo, da Netflix. Embora produzido nos Estados Unidos, o longa é falado em coreano e foi o grande vencedor da categoria, além de ser considerado um dos queridinhos ao Oscar deste ano.

Minari ainda não estreou no Brasil.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech: