segunda-feira, abril 5

O Antagonista não tem medo

Logo depois que O Antagonista foi lançado, em 2015, aconteceu algo inédito comigo: passei a ser cumprimentado na rua, em restaurante e até em avião. O mesmo começou a ocorrer com os demais jornalistas que foram se agregando ao site. Elogiavam a nossa coragem e disposição para denunciar os crimes cometidos pelo PT.  Incomodado com o nosso alcance, e cada vez mais implicado na Lava Jato, Lula tentou emplacar a mentira de que os jornalistas deste site integravam uma “associação criminosa”. Até para a polícia o seu advogado, agora homenageado por ministro do STF com lágrimas nos olhos, quis me levar…

Leia este conteúdo na integra em: O Antagonista não tem medo