sábado, março 6

Novas variantes da covid-19 destroem todo o sistema de saúde, alerta Mandetta

A nova variante brasileira da covid-19, que provavelmente surgiu em Manaus, é potencialmente mais transmissível e ainda é capaz de infectar quem já teve a doença, segundo pesquisa recente. Para o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, a letalidade não é apenas individual, mas coletiva porque destrói todo a sociedade, a começar pelo sistema de saúde.

“O vírus ataca as estruturas da sociedade e a primeira é a saúde. Se você tiver um infarto, um derrame, ou qualquer outra emergência não relacionada à covid-19, não terá atendimento. Essas mortes são causadas pela falta de acesso. Esperamos que não passe a existir uma nova variante aqui no Brasil”, disse Mandetta durante o mais novo episódio do podcast semana EXAME Política.

O podcast semanal é mediado pela editora de Macroeconomia de EXAME, Fabiane Stefano, e conta com a participação do Maurício Moura, fundador do IDEIA, instituto de pesquisa especializado em opinião pública, e professor da Universidade George Washington.

O tema da semana debatido foi o colapso generalizado em todo o país, com a taxa de ocupação de leitos de UTI beirando os 100% em pelo menos 18 estados mais o Distrito Federal, segundo levantamento feito pela Fiocruz e divulgado nesta sexta-feira, 5.

Ainda de acordo com o ex-ministro, nos piores cenários para o fim de 2020, elaborados enquanto ele integrava o governo federal, estava previsto que o Brasil teria no máximo 180 mil mortes. Atualmente ultrapassamos a barreira das 260 mil vítimas e quase 11 milhões de casos.

O podcast EXAME Política vai ao ar todas as sextas-feiras com os principais temas da política brasileira. Clique aqui para ver o canal no Spotify, ou siga em sua plataforma de áudio preferida, e não deixe de acompanhar os próximos programas.