sábado, fevereiro 27

Novas séries de Constantine e Justice League Dark serão interligadas no HBO Max

Na quarta-feira (17), citamos no Canaltech que fontes razoavelmente confiáveis do site Illuminerdi atualizaram os fãs com notícias de bastidores sobre os trabalhos de uma nova série baseada no personagem John Constantine, da DC Comics. Além de dizer que há a possibilidade de o bruxo de rua dos quadrinhos ser vivido por um novo ator — e não Matt Ryan ou Keanu Reeves — de etnia com “pessoas de cor”, a página levantou questões sobre a conexão da atração com Liga da Justiça Sombria (ou Justice League Dark), outro título em desenvolvimento pelo HBO Max. Eis que, nesta quinta (18), há informações mais quentes a respeito do assunto.

A Variety, veículo muito mais confiável do que o Illuminerdi, confirmou que as conversas envolvendo Constantine e Liga da Justiça Sombria estão avançando sob o comando da produtora Bad Robot, de J.J. Abrams. Outra informação que vai de encontro com os boatos de ontem é sobre o tom da atração, que deve mesmo deixar as questões religiosas sobre Céu e Inferno de lado e investir mais no horror.

A maior novidade cravada pela Variety é que Liga da Justiça Sombria e Constantine devem abrir um universo compartilhado que será um cantinho próprio para outras adaptações de quadrinhos da DC Comics no HBO Max. Ou seja, as séries já anunciadas da Tropa dos Lanternas Verdes e de Strange Adventures podem também interagir com os personagens mágicos e moralmente duvidosos do extinto selo Vertigo.


Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.

Contudo, não se sabe se o Arrowverse do canal CW e outras atrações que eram do DC Universe, a exemplo de Patrulha do Destino, Monstro do Pântano, Stargirl e Titans, também darão as caras nesse novo universo compartilhado do HBO Max. E tem ainda uma nova série em desenvolvimento sobre o Departamento de Polícia de Gotham, que vai se conectar com o filme The Batman, de Robert Pattinson — fica a dúvida se ela vai fazer parte desse bolo.

Zatanna tem participação quase certa na formação da adaptação de Liga da Justiça Sombria, já que a Warner
vinha cogitando um filme próprio só dela (Imagem: Reprodução/DC Comics)

Para completar, há informações sobre Abrams trabalhando com o escritor Guy Bolton para definir um perfil mais jovem para Constantine. Entretanto, essa nova leva de conversas de bastidores não citam a possibilidade de escalação de um artista BIPOC (negros, indígenas e pessoas de cor, na tradução literal) a exemplo do ator Riz Ahmed.

Certo mesmo é que a WarnerMedia tem acompanhado a integração da Marvel Studios com o Disney+. E como a companhia pretende “bombar” o HBO Max com material exclusivo, até mesmo com estreias híbridas de blockbusters, então, é bem possível que o novo universo compartilhado do streaming deva servir como terreno aberto para produções que possam se comunicar com os projetos da Warner Bros/DC Films nas telonas.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech: