Press "Enter" to skip to content

Mi 10T Pro tem preço e mais especificações revelados antes da hora

O popular vazador Ice Universe publicou nesta quarta-feira (17) uma foto com as possíveis especificações técnicas finais e preço do Mi 10T Pro, próximo lançamento da Xiaomi e sucessor do Mi 9T Pro. Chama bastante atenção a presença de uma tela com a maior taxa de atualização disponível no mercado para um celular focado no consumidor comum, além de um preço mais “acessível” que seus principais concorrentes.

Tela de 144 Hz

De acordo com as informações, o Mi 10T Pro vai usar a mesma tela adaptativa do Galaxy Note 20 Ultra — ou seja, que adapta automaticamente a quantidade de vezes que o display é atualizado de acordo com o conteúdo. Porém, no aparelho da Xiaomi, a frequência de atualização é de 144 Hz, valor superior ao de seus principais concorrentes, como o próprio Note 20 Ultra e o OnePlus 8 Pro.

Até o momento, os únicos aparelhos que ultrapassaram a barreira dos 120 Hz foram os com foco em games, casos de ROG Phone 3, Nubia Red Magic 5G e Lenovo Legion. No entanto, diferente dos citados acima, o tipo do painel do Mi 10T Pro deve ser IPS LCD, o que levanta a preocupação sobre o quão fluido a tela LCD de 144 Hz será em relação a uma OLED de 120 Hz, por exemplo.


Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!

Rumores sobre um suposto smartphone com tela LCD de 144 Hz da Xiaomi já rondavam a internet desde maio deste ano. Ao que parece, a decisão de equipar um display teoricamente inferior ao OLED tenha sido tomada para implementar o inédito sensor biométrico por baixo de uma tela LCD, tecnologia apresentada pela Redmi em março deste ano. Na prática, isso teria efeito imediato no custo de produção inferior, consequentemente diminuindo seu preço final.

Preço “acessível”

E por falar em preço, a imagem destaca um valor um tanto quanto surpreendente de 699 euros, cerca de R$ 4,3 mil em conversão direta para a nossa moeda. Como mencionado acima, a diminuição se dá provavelmente graças ao painel LCD, mais barato que o OLED dos concorrentes.

Suposto preço do Mi 10T Pro (Foto: Reprodução/Ice Universe)

No entanto, vale lembrar que, com exceção da tela teoricamente inferior, suas configurações serão de topo de linha, incluindo uma câmera de 108 MP, chip Snapdragon 865 5G e bateria de 5.000 mAh. Para comparação, o Galaxy Note 20 Ultra, com tela de 120 Hz OLED e chip Snapdragon 865+, não sai por menos de US$ 1,3 mil (R$ 6,8 mil), quase o dobro do futuro smartphone da Xiaomi.

Se a qualidade da tela LCD de 144 Hz for comprovada, muitas fabricantes também poderão utilizá-la em seus futuros smartphones, diminuindo, assim, o preço dos aparelhos topos de linha em geral — ao menos em teoria.

Infelizmente, ainda não há informações sobre a data de lançamento do Mi 10T Pro, mas a Xiaomi confirmou recentemente em sua conta no Twitter que um novo membro da linha Mi 10 será apresentado ainda neste mês de setembro.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

Mission News Theme by Compete Themes.