segunda-feira, abril 5

Ladrão de vacinas furta 50 doses de CoronaVac no Rio

Nesta segunda-feira (5), a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro notificou o furto de cinco frascos de uma vacina contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2), dentro de um centro de vacinação da cidade. Especificamente, foram furtados frascos do imunizante CoronaVac, desenvolvido pela farmacêutica chinesa Sinovac e pelo Instituto Butantan, além de um computador, pelo ladrão de vacinas.

Cada frasco de CoronaVac (com 5 mL) garante a aplicação de 10 doses (0,5 mL). Dessa forma, o furto deve impedir que 50 pessoas, dentro do grupo prioritário (como idosos, profissionais da saúde e professores), não sejam imunizadas contra COVID-19, por enquanto.

Ladrão de vacinas furta 50 doses da CoronaVac no Rio de Janeiro (Imagem: Reprodução/ _Tempus_/Envato)

Entenda o roubo de vacinas no Rio de Janeiro 

O furto das doses de CoronaVac ocorreu na madrugada do último domingo (4), no Centro Municipal de Saúde Professor Carlos Cruz Lima, em Colégio, na zona norte da cidade do Rio. De acordo com o vigilante da unidade de saúde, foi constatado um arrombamento no local.


Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!

A invasão foi confirmada pelas imagens do circuito interno de vigilância. Nas imagens captadas, é possível observar que um homem chegou por volta das 4h e permaneceu por cerca de 10 minutos no local, enquanto furtava os imunizantes contra a COVID-19.

A ocorrência foi registrada na 6ª Delegacia de Polícia (Cidade Nova). Na ocasião, as imagens de câmeras de segurança foram coletadas e, no momento, a perícia já foi realizada no local e as testemunhas também foram ouvidas. Agora, os agentes da Polícia Civil realizam diligências para identificar o autor e, potencialmente, recuperar as cinco doses furtadas da CoronaVac.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech: