Press "Enter" to skip to content

Jovens influencers do TikTok alimentam “teoria Matrix” de mundo simulado

O TikTok é o berço de muitas “modinhas” e tendências, mas, recentemente, alguns usuários influentes da rede social começaram a reviver uma antiga teoria da conspiração que pode ser um tanto perigosa. Estamos falando da Hipótese da Simulação, que foi criada há décadas e se popularizou nos tempos modernos por meio dos estudos do filósofo Nick Bostrom. Basicamente, o argumento reflete sobre a ideia de que estamos vivendo em uma simulação computadorizada, tal como no filme Matrix.

Embora muitos especialistas tenham discutido sobre o assunto ao longo dos últimos anos, todos concordam que, ao menos por enquanto, é impossível realizar testes precisos que revelem se a hipótese é real ou não. Porém, isso não está impedindo que jovens tiktokers disseminem a ideia como se ela fosse real, postando, por exemplo, supostos glitches de nosso mundo simulado (como carros batendo em paredes invisíveis e objetos desaparecendo de forma repentina).

Diversos perfis influentes na plataforma, como Nikki Jain, começaram a compartilhar clipes comentando sobre o assunto. “Estamos, basicamente, vivemos dentro de um videogame. Honestamente, isso faz sentido se você pensar em como os videogames estão ficando realistas a cada dia; e como todas as pequenas falhas que você vê no mundo que são inexplicáveis fariam sentido por trás dessa teoria”, afirmou a influencer, que possui quase 250 mil seguidores na rede social.


Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

@itsheidiwong

There’s so much more… FOLLOW for part 2‼️ #fyp #creepy #conspiracytheories #conspiracy

♬ Blade Runner 2049 – Synthwave Goose

Outras personalidades que entraram na onda são Ashley Lanese (47 mil seguidores), Emily Montgomery (130 mil), Scarlett Mills (272 mil) e Heidi Wong (387 mil). Uma das hashtags oficiais da teoria já acumula 624 milhões de visualizações. Visto que a hipótese defende a existência de um ser (ou de uma civilização) bem mais avançada do que nós (e que possivelmente estaria, inclusive, vigiando nossos passos), essa ideia tem causado pânico entre alguns jovens.

Vale ressaltar, porém, que jamais existiram estudos capazes de encontrar mínimos indícios de que a Hipótese da Simulação seja real — ou seja, estamos vislumbrando apenas mais uma tendência social; e, calma, não há evidências de tenhamos muitos motivos para preocupação sobre o assunto no momento.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

Mission News Theme by Compete Themes.