Press "Enter" to skip to content

Investidor pede que Intel reaja a concorrentes como Apple e AMD

As coisas não andam fáceis para a Intel. Após apresentar queda em torno de 20% em ações neste ano, a empresa sofre pressão do investidor Daniel Loeb, CEO da Third Point, para considerar alternativas que possam melhorar o cenário de seus negócios em resposta a ameaças de empresas como Apple e AMD, o que pode envolver a terceirização da sua fabricação de chips.

Escritório da Intel

Escritório da Intel (Imagem: Divulgação/Intel)

De acordo com analistas, a divisão de operações pode ser arriscada e até causar uma piora no cenário da Intel – a menos que a empresa recorra ao método de empreendedorismo conjunto.

O mercado está cheio de outros rivais poderosos que terceirizam a fabricação de chips. Enquanto isso, a Intel perde a disputa e vai ficando para trás em termos de velocidade e eficiência energética.

Este ano, a Apple começou a vender os primeiros Macs com chips M1, que a médio prazo devem substituir por completo os componentes da Intel. Há previsões de que em breve Amazon e Microsoft passem a adotar chips fabricados em empresas do Leste Asiático.

Fontes disseram à Reuters que a Third Point tem uma participação de US$ 1 bilhão na Intel, e que exige que a empresa faça um balanço imediato de suas operações. A sugestão seria contratar um consultor de investimentos para avaliar se a Intel deve continuar atuando como uma fabricante de dispositivos integrados. As preocupações do investidor se estendem ainda ao setor de inteligência artificial – segmento no qual a empresa estaria “ausente”.

Analistas alertam para complicações na divisão de operações

para o analista Stacy Rasgon, da Bernstein, a divisão pode não resolver o problema, já que no início da companhia separada manteria uma dependência da Intel até se consolidar no mercado e conquistar clientes novos – o que poderia levar mais de dois anos para acontecer.

Outra opção seria vender as fábricas da Intel para a TSMC ou para a Samsung, mas como suas bases são no exterior, o processo poderia encontrar dificuldades para ser aprovado por órgãos reguladores.

Em declaração, a Intel agradeceu as contribuições dos investidores e disse que espera um envolvimento com a Third Point para levar as ideias à frente. Não está claro, porém, qual será, de fato, a avaliação de especialistas sobre o cenário, e nem se a empresa estará realmente disposta a acatá-la.

Com informações: Reuters e MacRumors

Investidor pede que Intel reaja a concorrentes como Apple e AMD

Mission News Theme by Compete Themes.