Press "Enter" to skip to content

Internet fixa está 70% mais rápida com expansão da fibra óptica no Brasil

A Ookla divulgou o estudo Speedtest Global Index de abril de 2021, e a qualidade das redes fixas brasileira está melhor: o aumento da disponibilidade de banda larga por fibra óptica até a residência (FTTH) fez com que o Brasil saltasse da 56ª posição para o 49° lugar no ranking mundial de internet. O país tem velocidade média de 50,6 Mb/s de download e 26,3 Mb/s de upload, ocupando a vice-liderança na América Latina.

4G da Claro é mais rápido e Vivo tem melhor sinal, diz estudo
Teste de Velocidade de Internet (Speed Test)

Fibra óptica impulsiona velocidades de internet no Brasil (Imagem: Pixabay)

Vale destacar que os dados da Ookla são baseados em medições feitas pelos usuários do aplicativo Speedtest. A companhia destaca que houve aumento de 69,2% nas velocidades de banda larga no Brasil em comparação com o ano de 2020.

Na América Latina, o Chile lidera a média de velocidades de download, enquanto o Brasil ocupa o segundo lugar. Em seguida aparecem Colômbia, México e Argentina:

Chile lidera velocidades de banda larga na América Latina; Brasil ocupa 2° lugar (Imagem: Divulgação/Ookla)

Vivo é a operadora com maior velocidade na banda larga

A Vivo ocupa a liderança das velocidades de download de banda larga fixa no estudo do Speedtest, seguido por Claro e Oi. No entanto, quando se trada de upload, a Claro cai para o 3° lugar no ranking nacional:

Ranking nacional
Velocidade de download
Velocidade de upload
Índice de satisfação
Vivo
68,25 Mb/s
52,72 Mb/s
1° lugar
-12,12
Claro
60,54 Mb/s
10,72 Mb/s
3° lugar
-41,18
Oi
55,13 Mb/s
43,43 Mb/s
2° lugar
-19,8

Além das maiores velocidades, a Vivo também conquistou o 1° lugar no índice de satisfação nacional do Speedtest. De acordo com os dados de abril de 2021 da Anatel, a operadora é a líder em fibra óptica no Brasil, com 20,3% do mercado; mais de 60% dos clientes da empresa utilizam a tecnologia FTTH, enquanto diversos contratos de cabos metálicos são da antiga GVT, que oferecem velocidades de download de até 50 Mb/s com tecnologia VDSL.

A Oi ocupa o 2° lugar em satisfação, e atingiu média de 55,13 Mb/s de download e 43,43 Mb/s de upload. Na terceira posição está a Claro, que oferece download maior que a Oi porém traz upload quatro vezes mais baixo que a concorrente.

Aqui vale explicar a situação da Claro: a empresa não utiliza fibra óptica até a casa do cliente de forma ampla e vende internet de até 500 Mb/s no cabo coaxial para pessoas físicas, o que permitiu um bom desempenho no download. No entanto, o plano mais caro da companhia tem upload de apenas 35 Mb/s através da tecnologia DOCSIS — menor que a média de todas as concorrentes nacionais com FTTH.

Brasília e São Paulo tem as maiores velocidades de internet

Ter um panorama nacional é importante para entender a performance geral das operadoras de internet fixa, mas a grande verdade é que os resultados de cada empresa variam muito conforme a região.

A Ookla divulgou que o local com maior velocidade de internet fixa é Brasília, com download médio de 75,72 Mb/s. A cidade de São Paulo aparece em seguida, com 60,41 Mb/s, seguido por Fortaleza (56,83 Mb/s), Rio de Janeiro (51,09 Mb/s) e Salvador (45,85 MB/s).

Média de velocidades por estado: quanto mais escuro, mais rápida é a internet (Imagem: Reprodução/Ookla)

Nas cinco cidades, a Vivo lidera o índice de satisfação em São Paulo e Rio de Janeiro. A Oi é a operadora com o melhor indicador em Brasília, enquanto a TIM Live é a preferida em Salvador e a regional Brisanet lidera as avaliações em Fortaleza.

Os resultados completos estão disponíveis no relatório Speedtest Global Index.

Internet fixa está 70% mais rápida com expansão da fibra óptica no Brasil

Mission News Theme by Compete Themes.