sábado, maio 1

Helicóptero Ingenuity voa pela quarta vez em Marte e quebra novos recordes

O Ingenuity já realizou três voos com sucesso em Marte e, após um adiamento, o quarto voo aconteceu: nesta sexta-feira (30), o pequeno helicóptero conseguiu ir mais alto e mais longe do que foi em seus outros voos. Além disso, agora que mostrou ser possível realizar voos controlados no planeta vizinho, o Ingenuity irá iniciar em breve uma nova fase de operações de demonstração.

Na verdade, o voo deveria ter ocorrido ontem (29), mas, como as hélices do helicóptero não seguiram a sequência de comandos e não conseguiram levantar voo, a equipe adiou a nova tentativa para hoje. Os resultados foram excelentes: durante os 117 segundos que passou na atmosfera, a aeronave chegou a 5 m de altitude e se deslocou por mais de 130 m na direção sul; depois, ele retornou, dando uma volta de 266 m sobre a superfície de Marte. Segundo MiMi Aung, gerente de projeto do Ingenuity, esse foi um novo recorde quebrado pelo Ingenuity.

De acordo com ela, a equipe também aproveitou para tirar algumas imagens com a câmera colorida e a em preto e branco, de navegação, que registra as formações da superfície marciana durante o voo. Dessa vez, o voo rendeu mais imagens feitas que os anteriores antes de o helicóptero retornar para a região de Wright Brothers Field, seu “heliporto”. Enquanto as imagens não chegam, os oficiais da NASA publicaram a foto acima, produzida pelo instrumento Hazcam, que fica no rover Perseverance.

O sucesso do voo foi publicado pela agência espacial algumas horas depois do anúncio de outra novidade: como vem mostrando, na prática, o potencial dos voos controlados na atmosfera marciana, o Ingenuity vai iniciar uma nova fase de demonstração de operações em sua missão. A ideia agora será que a pequena aeronave comece a mostrar como a exploração aérea e outras funções podem ser benéficas para a exploração de Marte no futuro e, quem sabe, de outros mundos.

Essa nova etapa foi inspirada pelo excelente desempenho apresentado pelo helicóptero: “a demonstração de tecnologia do Ingenuity tem sido um grande sucesso” disse Thomas Zurbuchen, administrador associado da diretoria de missões na NASA. “Como ele está em excelente saúde, planejamos aproveitá-lo para beneficiar futuras plataformas aéreas, enquanto priorizamos e avançamos com a equipe do rover Perseverance para os objetivos científicos de curto prazo”, disse.

O Ingenuity viajou até Marte preso à parte inferior do rover Perseverance (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech)

Outro fator foi o fato de o rover Perseverance estar adiantado em relação à verificação de seus sistemas de quando pousou, em fevereiro. Assim, como a equipe de ciência planeja aproveitar uma região próxima para realizar as primeiras explorações detalhadas, surgiu a oportunidade de aproveitar a energia e os sistemas do Ingenuity para avançar em sua demonstração. Essa nova fase da missão não irá impactar as atividades do rover, e será iniciada após o sexto voo do Ingenuity.

Enquanto essa etapa não chega, o Ingenuity segue nas atividades de sua fase de transição, que inclui o voo de hoje e um quinto; este próximo deverá levar o helicóptero para um voo em uma só direção, para pousar em um novo lugar. Se tudo correr bem e a aeronave continuar saudável e em boas condições, a nova etapa será iniciada, e irá incluir manobras com maior precisão e uso dos recursos de observação aérea e, claro, mais riscos em geral.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech: