Press "Enter" to skip to content

Grant Morrison se despede da DC Comics e promete novos trabalhos para a TV

Um dos autores de quadrinhos mais consagrados de sua geração, Grant Morrison está novamente de saída da DC Comics. Após 17 anos trabalhando diretamente para a editora (em um total de 29 anos de colaborações), o roteirista afirmou que vai passar a se focar em novos trabalhos para a televisão.

Lanterna Verde será o último trabalho de Grant Morrison para a DC Comics Grant Morrison e Ezra Miller escreveram o melhor The Flash que não veremos Sweet Tooth | Conheça a HQ que promete ser a nova série de sucesso da Netflix

A última história assinada por Morrison na companhia — pelo menos até um possível retorno no futuro, quem sabe — será Superman and the Authority, que teve seu roteiro criado em 2018. Isso faz com que, cronologicamente, a última contribuição do autor com a editora seja Lanterna Verde, título no qual colaborou com o artista Liam Sharp — que já havia adiantado o afastamento de Morrison em agosto de 2020.

Discovered! The cure for feline insomnia!
The epic finale – Green Lantern #12 out now. Grant, Liam and Hal are saying goodbye…
@LiamRSharp⁩ ⁦@DCComics#GreenLantern #DC #ultrawar pic.twitter.com/Zi2FclLE3x


Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.

— Grant Morrison (@grantmorrison) March 10, 2021

Ao Newsrama, Morrison explicou que alguns “atrasos por trás das cenas” fez com que a obra escrita antes de ele finalizar Lanterna Verde esteja sendo publicada somente agora. “Estou meio surpreso com o que fizemos em O Lanterna Verde. Foi um grande esforço para mim e para Liam Sharp”, afirmou. “Mais uma vez, tenho tanta sorte de ter trabalhado com alguém tão brilhante como Liam, da mesma forma que me sinto sortudo por ter trabalhado com Yannick [Paquette, ilustrador de Wonder Woman: Earth One]”.

As declarações do autor mostram que ele não está saindo por não estar mais em acordo com a editora ou por estar migrando de volta para a Marvel — em que assinou uma fase elogiada dos X-Men. “Estive fazendo muitos trabalhos para a televisão, então uma das coisas que estou estudando agora são romances para adaptar e coisas desse tipo”, explica o autor.

Tenha acesso a mais de 1 milhão de livros digitais com o Amazon Kindle Unlimited!

“Isso é como fazer um quadrinho, porque você está tentando entender porque alguém teve essa ideia inicialmente. Você sabe, ‘qual é a sua motivação? Qual é a maneira deles pensarem? E como você traz isso para o futuro?’ E isso é algo que fazemos nos quadrinhos”, finalizou. Na TV, Morrison já trabalhou em séries como Happy! (da SyFy TV) e, mais recentemente, atuou como roteirista e produtor de Brave New World, série para o serviço de streaming Peacock.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

Variante Delta pode aumentar risco de reinfecções, diz Fiocruz Arqueólogos encontram em Israel ancestral dos humanos nunca antes conhecido Microsoft lista processadores compatíveis com o Windows 11; confira Cursos grátis e bolsas para quem quer começar – ou já atua – na área de TI Colisão entre buraco negro e estrela de nêutrons é confirmada pela primeira vez

Mission News Theme by Compete Themes.