Press "Enter" to skip to content

Governador da Califórnia derrota pedido de recall eleitoral republicano

Por Sharon Bernstein

SACRAMENTO, EUA (Reuters) – O governador da Califórnia, Gavin Newsom, derrotou facilmente na terça-feira uma campanha republicana para tirá-lo do cargo, mandando o recado decisivo de que os eleitores do Estado profundamente democrata apoiam suas diretrizes para a Covid-19, a imigração e o crime.

Newsom, que conquistou seu primeiro mandato em 2018 por larga margem, voltou a obter uma vitória retumbante no recall eleitoral, o que significa que permanecerá no posto até janeiro de 2023 e que vê suas chances para a eleição estadual marcada para o ano que vem melhorarem consideravelmente.

Contando os resultados de 58% dos distritos na noite de terça-feira, Newsom tinha uma vantagem de 32 pontos percentuais –66% do eleitorado disse que ele deve permanecer na função e 34% que ele deveria ser afastado.

“Estou sereno e agradecido aos milhões e milhões de californianos que exerceram seu direito fundamental de votar”, disse Newsom no discurso da vitória na mesma noite na capital Sacramento.

Sua vitória e o alto comparecimento foram um alívio para os democratas norte-americanos, que já se preparam para uma batalha dura nas eleições legislativas de meio de mandato em 2022 que decidirão o controle do Congresso.

Uma derrota em um Estado que é um dos bastiões do partido teria disparado alarmes em todo o país, particularmente porque seu principal desafiador republicano é um apoiador do ex-presidente Donald Trump e tem um histórico de comentários polêmicos sobre mulheres e minorias.

Newsom e líderes democratas como o presidente Joe Biden caracterizaram o esforço de recall, fortemente endossado por grupos republicanos estaduais e nacionais, como parte de uma pauta opositora mais ampla para tirar os democratas do poder e ampliar restrições conservadoras ao voto, aos direitos civis e ao aborto.

“Justiça econômica, justiça social, justiça racial, justiça ambiental, nossos valores onde a Califórnia faz tanto progresso, todas estas coisas estavam na cédula esta noite”, disse Newsom no discurso.

Seu triunfo eloquente servirá de exemplo aos democratas do país, que no ano que vem lutarão para manter maiorias no Congresso e assentos nos governos estaduais, disse o estrategista democrata Steven Maviglio.

Newsom organizou uma ofensiva maciça de incentivo ao voto que mobilizou partidários que normalmente não se envolvem em eleições fora do calendário. Sua defesa das proteções robustas contra a Covid-19, como máscaras e exigência de vacinação, e suas mensagens sobre a ameaça que o trumpismo representa às suas políticas progressistas ecoaram nos eleitores democratas, opinou Maviglio.

“Nacionalizar esta eleição foi a manobra mais esperta que ele poderia ter feito”, avaliou.

(Reportagem adicional de Tim Reid em Los Angeles, Daniel Trotta em Carlsbad e Oceanside)

O post Governador da Califórnia derrota pedido de recall eleitoral republicano apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Mission News Theme by Compete Themes.