Press "Enter" to skip to content

Google Nest Hub trocou sistema por Fuchsia, mas quase nada mudou

O Google começou a disponibilizar o Google Nest Hub com um novo sistema operacional em fase de testes, o Fuchsia. Mesmo com a esperança de mudanças para a tela inteligente do gigante das buscas, praticamente nada muda para o usuário que continua contando com exatamente os mesmos recursos e até a mesma interface.

O que é um sistema operacional?
Google Home ou Nest; qual a diferença? [Mini, Max & Hub]

Google Nest Hub (imagem: divulgação/Google)

O Fuchsia é um novo sistema operacional que passou os últimos anos dentro do Google, criando expectativas e especulações sobre seu propósito: ele vai substituir o Android? Este ainda não é o cenário posto em prática pelo gigante das buscas, que começou a entregar o SO como atualização de software para o Google Nest Hub de primeira geração, que até então rodava o Cast OS.

Quando a frase “mudar de sistema operacional” aparece no texto, certamente cresce o interesse por saber quais são as novidades e onde ele muda, quando comparado com o anterior. No Nest Hub a resposta é direta: praticamente nada. O 9to5Google conseguiu passar algum tempo com esta tela inteligente com o Fuschia e sofreu para encontrar as mudanças.

Começando pela interface, ambos os sistemas operacionais mostram as informações no mesmo lugar, com as mesmas possibilidades de atalhos, papel de parede ou foto de fundo, indo até para exatamente o mesmo menu de ajustes. O primeiro ponto de diferença está em alguns segundos extras para o Cast OS inicializar o sistema – detalhe que certamente o usuário só deve notar uma vez, quando liga o gadget na tomada.

Algum tempo a menos também foi notado quando a tela de controle para dispositivos inteligentes foi aberta, mas sem nenhum recurso novo no Nest Hub com o Fuchsia. Chamar o Google Assistente também funciona com os mesmos resultados, exibidos na mesma interface do antigo Cast OS para comandos como previsão do tempo.

Por fim, a única melhoria notada pelo site estava no tempo de carregamento para conteúdo em streaming. “A tela de carregamento é exibida instantaneamente no Fuchsia, enquanto no Cast OS ela leva alguns segundos. No final, porém, eles estão prontos em alguns segundos”, diz o site.

A diferença foi notada quando o Disney+ passava a transmitir conteúdo para os aparelhos com ajuda do Cast do próprio Google.

Não mudar nada com o Fuchsia pode ser interessante

Aparentemente as melhorias dentro do Fuchsia aparecem apenas em algum tempo de carregamento menor, mas as interfaces e recursos são os mesmos já presentes no Cast OS desde seu lançamento. Não mudar completamente a experiência do produto pode ser interessante para o Google, que não obriga o dono do Nest Hub a aprender novamente onde estão as ferramentas já conhecidas.

Por enquanto o Fuchsia não está sendo distribuído para todos os usuários que compraram um Google Nest Hub. O novo sistema operacional ainda está em fase de testes, em um programa para prévia do que ele pode oferecer em um futuro próximo.

Com informações: 9to5Google.

Google Nest Hub trocou sistema por Fuchsia, mas quase nada mudou

Mission News Theme by Compete Themes.