segunda-feira, março 8

Gina Carano acusa Disney de caçar e intimidá-la após polêmicas

Demitida e com sua personagem cortada de The Mandalorian, a ex-lutadora e atriz Gina Carano falou, em entrevista ao The Ben Shapiro Show, que a Disney e a Lucasfilm a intimidaram (“bullied“). Para quem não sabe, a atriz foi demitida após a repercussão de uma publicação no Twitter, que parece ter funcionado como a gota d’água após outras declarações e ações polêmicas de Carano.

A atriz diz que já passou por muitas coisas e que agora vê com mais clareza o “bullying que está ocorrendo”. Carano, no entanto, não fala apenas da própria situação e diz também que já viu isso antes, não tendo sido a única pessoa a sofrer bullying nas mãos “dessa empresa” (referindo-se provavelmente à Disney, já que a LucasFilm também faz parte da outra marca e pode ser entendida como parte de uma unidade).

Gina Carano como Cara Dune em The Mandalorian (Imagem: Reprodução/Disney)

“Eu poderia contar uma história que mudaria as coisas na mídia”, continuou ela, indicando que outras pessoas também foram intimidadas. Carano explica, no entanto, que não pode revelar a história, “porque isso trairia um amigo. Todo mundo tem medo de perder o emprego.”


Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.

A publicação que causou a demissão de Carano não foi a única vez em que a atriz recebeu alertas da Disney e da Lucasfilm. Suas polêmicas postagens em redes sociais já incluíram temas como o uso de máscaras em meio à pandemia, fraude eleitoral durante a eleição presidencial de 2020 nos EUA, o movimento Black Lives Matter e o uso de pronomes nas redes sociais.

Em sua defesa, Carano disse que a publicação surgiu porque foi “inspirada pelo espírito gentil do povo judeu naquela época” e explicou que não imaginava a postagem como algo controverso. A atriz comentou que todas as grandes publicações têm interpretado sua postagem como uma comparação entre os momentos históricos, o que, segundo ela, não era o intuito.

Gina Carano no The Ben Shapiro Show (Imagem: Reprodução/The Ben Shapiro Show)

Carano acrescentou ainda que a Disney estava prestando atenção ao movimento #FireGinaCarano, que começou no ano passado. “Eles acidentalmente me enviaram um e-mail, o que foi muito esclarecedor, então eu sabia. Eu sabia que eles estavam prestando atenção. Eu sei que houve algumas pessoas que foram para me defender, mas eu sei que eles não venceram no final”, comentou a atriz.

Carano disse ainda que se sente “caçada” pela Disney e se mostrou indignada com a decisão da LucasFilm de remover sua personagem de The Mandalorian, o que já foi amplamente anunciado.

A entrevista completa (e infelizmente sem legendas) pode ser assistida no YouTube:

 

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech: