sexta-feira, maio 7

Final original de WandaVision teria aparição de Doutor Estranho

Embora presente em diversas teorias de fãs, Stephen Strange acabou não aparecendo no episódio final de WandaVision. Contudo, era de interesse da Marvel inserir Doutor Estranho na minissérie em algum momento, mas a ideia acabou sendo descartada.

De acordo com uma nova entrevista dada por Kevin Feige, o chefão da Marvel, para a revista Rolling Stone, Stephen Strange era um dos principais nomes por trás da estranha realidade vivida por Wanda Maximoff durante toda a série, além de responder à pergunta mais curiosa dos fãs: quem de fato era o responsável pelos comerciais de televisão exibidos ao longo dos episódios?

(Imagem: Divulgação / Marvel Studios)

Com o intuito de construir uma interação com Doutor Estranho, Feige confirmou que os produtos fictícios Toast Mate, Strücker Watch e Hydra Soak iam muito além de simples easter eggs, utilizados também para lembrar Wanda de seu passado. De acordo com o chefe da Marvel, as chamadas comerciais eram uma alternativa que Stephen Strange encontrara para contatar a Feiticeira Escarlate e romper sua realidade inventada em formado de sitcoms.


Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/

De acordo com a versão impressa da Rolling Stone de maio de 2021, a Marvel inclusive chegou a fechar um contrato com Benedict Cumberbatch para ele aparecer no episódio final de WandaVision. Porém, aos 45 minutos do segundo tempo, houve uma mudança de planos envolvendo o personagem nos bastidores. Sobre isso, Feige declarou:

“Algumas pessoas podem dizer: ‘Oh, teria sido tão legal ver o Doutor Estranho. Mas teria tirado Wanda. Não queríamos que o fim do show fosse elaborado para dar gancho ao próximo filme: aqui está o cara branco, ‘Deixe-me mostrar como funciona o poder.'”

(Imagem: Divulgação / Marvel Studios)

O final de WandaVision foi de grande importância para o desenvolvimento de Wanda Maximoff como heroína e ser humano. A personagem passou a minissérie inteira, desde o fim de Vingadores: Ultimato, tentando disfarçar seu luto com uma realidade alternativa. No fim da série (cuidado com os spoilers!), Wanda vê que seu esforço de mobilizar uma cidade inteira para seu interesse foi em vão e, além de perder Visão novamente, acabou tendo que se despedir de seus dois filhos.

No entanto, WandaVision ainda deu o gancho que os fãs estão acostumados para os próximos filmes da Marvel. Numa das cenas pós-créditos, Monica Rambeau (Teyonah Parris), com seus poderes recém-descobertos, é contatada por Carol Danvers por meio de um skrull. Além disso, já se sabe que Elizabeth Olsen está mais do que confirmada no elenco de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, então a conexão entre a minissérie e o filme de fato, existe.

(Imagem: Divulgação / Marvel Studios)

Curiosamente, modificar a aparição de Strange em WandaVision também significa que o Doutor Estranho no Multiverso da Loucura também teve de ser reescrito. A resposta para essas dúvidas será encontrada apenas em 25 de março de 2022, com a estreia do filme nos cinemas.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech: