Press "Enter" to skip to content

Filme brasileiro em realidade virtual vence Emmy na categoria Inovação

Nesta quinta-feira, o curta-metragem brasileiro A Linha recebeu o prêmio da categoria “Inovação notável em programação interativa” da 72ª edição do prêmio Emmy

Power BI para Investidores

A narrativa, feita com o uso de realidade virtual, foi desenvolvida pelo estúdio Arvore e conta a história dos personagens Pedro e Rosa, que envolve amor e rotina. Os bonecos em miniatura são dublados por, respectivamente, Rodrigo Santoro e Simone Kliass.

O curta-metragem foi pioneiro no Brasil em utilizar o serviço de hand tracking em uma produção audiovisual. A técnica permite que o usuário controle o protagonista com as próprias mãos — dispensando os controles tradicionais.

Dirigido por Ricardo Laganaro, o curta-metragem pode ser vivenciado pelos óculos de realidade virtual Oculus Quest e pela Steam, loja digital de jogos para computadores. O curta já recebeu o prêmio de “Melhor Experiência em VR” no Festival de Veneza e participou de diversos festivais internacionais ao longo do último ano.

Para a EXAME, Laganaro disse que a intenção por trás do curta era criar uma história em formato diferente que aproximasse o Brasil da criação de conteúdo em realidade virtual. “Por mais que o crescimento da área no Brasil pareça distante, estamos chegando um momento onde o interesse está começando a aumentar”, disse o diretor.

O curta-metragem pode ser experienciado por pessoas de qualquer faixa etária. Sobre a diferença entre jogos interativos e filmes interativos, Laganaro acredita que a barreira esteja se dissolvendo. “As mídias estão cada vez mais fluidas. Essas produções, desde seu nascimento, são criadas por pessoas que são tanto profissionais de cinema quanto de jogos, e é isso que buscamos nas criações da Arvore”, completou o diretor.

Sobre o mercado brasileiro, Laganaro acrescentou que os profissionais das mídias tradicionais estão começando a olhar para esse novo formato interativo de contar histórias no audiovisual. “Além disso, o endosso de uma academia internacional de televisão auxilia muito para que o público local entenda do que se trata a nossa arte”.

Com duração aproximada de 15 minutos, A Linha conta com uma trilha sonora brasileira e faz com que o telespectador viaje para a cidade de São Paulo na década de 1940. É possível assistir à cerimônia virtual por meio deste link.

The post Filme brasileiro em realidade virtual vence Emmy na categoria Inovação appeared first on Exame.

Mission News Theme by Compete Themes.