Press "Enter" to skip to content

Extensão para o FireFox tenta melhorar recomendações no YouTube

Todos que acessam diariamente o YouTube já devem ter visto recomendações desagradáveis de vídeos ou sugestões de temas com os quais não estamos diretamente ligados em nosso histórico. Isso pode acontecer por falhas nos algoritmos da plataforma, que, segundo alguns profissionais, estimula vídeos com teor duvidoso. Com isso em vista, a Mozilla, criadora do navegador FireFox, pretende combater essas indicações e criou uma extensão para o programa — mas precisará de sua ajuda.

Power BI para Investidores

A extensão, que é chamada de RegretsReporter e funciona tanto no FireFox quanto no Google Chrome, atua da seguinte maneira: depois de instalada e com a reprodução de um vídeo do YouTube, você pode clicar em um ícone com carinha triste na parte superior do navegador para relatar o vídeo, as recomendações que o levaram a ele e quaisquer detalhes extras sobre “seu arrependimento”. Os pesquisadores da Mozilla, então, buscarão os padrões que levaram às recomendações.

O vice-presidente jurídico e de engajamento da Mozilla, Ashley Boyd, por meio de uma postagem no blog oficial da empresa, deu exemplos do que a extensão pode descobrir, como quais temas os vídeos abordam, se há uma regularidade e se há um certo padrão nos temas. Além disso, ele pediu para que os usuários não modifiquem seu comportamento no YouTube ao instalar essa extensão, pois é assim que ela vai funcionar e te ajudar com eventuais problemas.


Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.

É fácil ativar o RegretsReporter em seu FireFox/ (Imagem: Divulgação/Mozilla)

Com essa ação a Mozilla quer “transformar os usuários do YouTube em cães de guarda” que oferecerão seus dados de recomendação para investigação. A empresa afirma que compartilhará as descobertas publicamente e espera que o YouTube use as informações para melhorar seus produtos.

Para a segurança dos usuários, a Mozilla promete que todos os dados estão vinculados a um ID de usuário gerado aleatoriamente, em vez de sua conta do YouTube, e que ninguém mais terá acesso aos dados brutos.

Para baixar o RegretsReporter, basta acessar o site oficial da extensão.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

Mission News Theme by Compete Themes.