Press "Enter" to skip to content

“Eu não tinha problema com a troca do diretor-geral, mas eu precisava de um motivo”

Sergio Moro deixou o governo de Jair Bolsonaro no dia 24 de abril. Para o ex-juiz da Lava Jato, a situação ficou insustentável na infame reunião ministerial de dois dias antes, quando ficou claro que, para ele, o presidente buscava interferir no comando da Polícia Federal

 

Leia este conteúdo na integra em: “Eu não tinha problema com a troca do diretor-geral, mas eu precisava de um motivo”

Mission News Theme by Compete Themes.