terça-feira, abril 6

Esqueça o plano Biden, compre ação se ela cair

O preço do aço caiu e as ações da CSN foram junto, o presidente Joe Biden anunciou um plano de infraestrutura e todas as empresas de commodities foram afetadas, a pandemia se agravou e as varejistas sofreram, a gripe suína voltou na China e os frigoríficos subiram na bolsa. É difícil acompanhar tantas notícias para decidir o tempo certo de comprar ou vender ações, fazer ou não opções, ou as duas coisas.

Para fugir desse emaranhado de informações, o analista da corretora Clear, Fernando Góes, tem uma tática que consiste basicamente em acompanhar os gráficos das ações: caiu, comprou. Parece simples, e é. A tática tem o nome de 3×1. Se ganhar, ganha três, se perder, perde um. E se perdeu, para, revê os gráficos e começa de novo.

As estratégias são possíveis graças ao mercado de opções e à análise gráfica. Fernando Góes ensina como este modelo 3×1 funciona em uma série gratuita que começa nesta quarta-feira. Ele vai ensinar do zero até à primeira operação prática.

Apesar de a análise gráfica das ações ser o fundamento da estratégia, Góes faz um alerta importante: é preciso que as ações tenham uma tendência de alta clara para que o investidor consiga embolsar os ganhos. Assim, quando cai é sinal de que é apenas um ajuste de preços, logo vai subir de novo e quem entrou quando caiu, vende com lucro na alta.

Veja o caso da CSN. Desde o ano passado, a empresa entrou em uma clara tendência altista, com resultados recordes da empresa embalados pelos preços do aço e a forte retomada da construção civil. Para coroar, neste ano, a empresa fez o IPO do seu braço de mineração e embolsou 2,8 bilhões de reais. Os analistas já esperam que o ano siga sendo bom para a companhia e que ela volte a ter novos recordes em seu balanço.

Mas no dia a dia sempre tem alguma notícia que afeta o papel. Em meados de março, as baixas sucessivas dos preços das commodities no mercado internacional, especialmente do mercado de minério de ferro afetaram as ações da CSN que chegaram a cair 4%. É neste momento que Góes reforça: caiu, comprou e você nem precisa saber que foi por conta do preço de minério de ferro. Alguns dias depois, os papéis voltaram a subir.

O mesmo aconteceu com a Gerdau. No dia 23 de março, os papéis caíram 4,25%, também na onda da queda dos preços das commodities no mercado internacional. Logo os papéis voltaram a subir. Nesta semana, os analistas já analisam que a empresa deve ser uma das empresas brasileiras que mais vão ganhar com o pacote de infraestrutura do presidente americano Joe Biden.

“Você vai vai pegar um mês de sol e céu e azul e o tempo vai virar e aí você errou. Mas vai acertar muitas vezes antes de errar”, diz Góes. “Enquanto eu estiver acertando, eu vou fazer o “caiu, comprou” todas as vezes que aparecer. Quando eu perder um e o gráfico mudar de direção, daí sim eu fico fora observando”.

Você quer descobrir como é possível multiplicar seu capital no mercado de Opções? Participe da Semana 3×1 com o analista, evento online e 100% gratuito. Clique aqui para assistir.

The post Esqueça o plano Biden, compre ação se ela cair appeared first on InfoMoney.