Press "Enter" to skip to content

Dólar amplia queda a R$ 4,94 com fluxo e dados positivos de Brasil e EUA

O dólar ampliou a queda à mínima a R$ 4,9477 (-0,51%), reagindo a ingressos de fluxo financeiro e comercial, diante do salto das commodities no exterior, e também a indicadores positivos divulgados no Brasil e EUA. O PMI industrial brasileiro subiu a 56,4 em junho, após 53,7 em maio, enquanto o número de pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos caiu 51 mil na semana encerrada em 26 de junho, a 364 mil, atingindo nova mínima desde o início da pandemia de covid-19, segundo dados com ajustes do Departamento do Trabalho americano.

O resultado veio abaixo da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam queda a 390 mil.

Às 10h25, o dólar á vista era negociado a R$ 4,96 (-0,26%) e o dólar futuro para agosto, a R$ 4,9745 (-0,23%), após mínima a R$ 4,9625 (-0,47%).

O post Dólar amplia queda a R$ 4,94 com fluxo e dados positivos de Brasil e EUA apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Mission News Theme by Compete Themes.