sábado, março 6

Disney devolve marca FOX e canal ganha novo nome no Brasil

Na próxima segunda-feira, 22, quem estava acostumado a assistir Os Simpsons, This Is Us ou The Walking Dead nos canais FOX encontrará outra marca no lugar. Na América Latina, a Disney adotará a marca Star para transmitir os tradicionais programas da TV à cabo. 

Fora dos Estados Unidos, a marca FOX foi administrada pela Disney nos últimos anos, mas no acordo inicial estava prevista a devolução depois do encerramento do contrato. Em terras americanas, a empresa FOX é outra e completamente independente da Disney. 

O desafio para os executivos da Disney Brasil é manter a essência divertida da FOX entre o público brasileiro e fazer uma transição suave. No lugar da marca simples, com a tipografia forte, entre a marca STAR, com uma estrela no lugar do “A” e as cores laranja e roxo. 

FOX Channel será STAR Channel, FOX Life será STAR Life, FOX Premium será STAR Premium, FOX Premium 1 será STAR Hits e FOX Premium 2 será STAR Hits 2.

Nas últimas semanas, houve uma transição em que as marcas “conviveram” na identidade visual dos canais.

A Disney fez estudos e, segundo Danilo Campos, responsável pelo Marketing de In-Home Media no Brasil, percebeu que o público da FOX é aberto e tem expectativas positivas em relação a renovações visuais. Segundo ele, o que deve ajudar a manter as pessoas conectadas é a linguagem irreverente e divertida. 

“A ideia é que o fã da FOX não sinta falta de nada”, explica.

Entre as prioridades para a Disney está a grande pérola do canal: This Is Us, série produzida pela americana NBC. 

Quanto ao futuro da TV, o responsável pela Produção e Programação dos canais General Entertainment no Brasil da Disney, Cristiano Lima, acredita que a decisão deve estar com o consumidor. O papel das emissoras é oferecer bons serviços na transmissão tradicional e nos serviços de streaming. 

Nos próximos meses, a Disney lançará no Brasil o Star+, serviço de streaming que vai substituir o FOX+, que tem foco no público adulto e oferece os programas dos canais pela internet. 

Para os executivos da FOX, a estratégia de streaming da FOX, que agora será STAR, não concorre com o já consolidado Disney+ justamente porque o serviço é focado no público infantil.