Press "Enter" to skip to content

Decisão da justiça nos EUA pode acelerar emissão de vistos no Brasil

Talvez você tenha sentido na pele a dificuldade para viajar durante a pandemia. E, no caso dos Estados Unidos, existe um problema a mais: a dificuldade de agendar entrevistas de vistos – tanto para turismo como para estudo, intercâmbio ou trabalho temporário – por conta da embaixada e do consulado com funcionamento restrito. Mas uma decisão da justiça pode mudar essa situação.

Power BI para Investidores

Quer investir na bolsa e não sabe como? Aprenda tudo com a EXAME Academy

De acordo com a corte federal norte-americana, o Departamento de Estado, agência responsável pelos serviços consulares do país, não poderá mais suspender os agendamentos com base na pandemia. Vale lembrar que, desde maio, estudantes, acadêmicos, jornalistas e indivíduos que apoiassem o combate à covid-19 poderiam solicitar o limitado visto NIE (exceção de interesse nacional).

“É importante dizer que, apesar de o anúncio feito pela justiça dos Estados Unidos, o Departamento do Estado não foi notificado oficialmente por meio de uma ordem-executiva, o que é necessário para que uma lei deste tipo seja ratificada e possa ser colocada em prática”, afirma Felipe Alexandre, advogado especializado em imigração e proprietário da consultoria jurídica AG Immigration.

Fato é que, mesmo antes da mudança definitiva, os serviços consulares já foram retomados aqui, ainda que em passos lentos: são constantes os relatos de dificuldade para marcar entrevistas e, para os vistos para turismo, o agendamento está previsto somente para o segundo semestre de 2022. Procurada pela EXAME, a embaixada norte-americana no Brasil não respondeu até a publicação.

Todos os setores da embaixada e dos consulados dos Estados Unidos no país deverão operar com 100% da capacidade em dezembro e certamente haverá uma diminuição do atual tempo de espera para quem quer solicitar o visto. Muitas pessoas têm reclamado do tempo de espera, que pode levar quase um ano, mas é bem provável que o prazo diminuirá o mais breve possível”, diz Alexandre.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso.

Mission News Theme by Compete Themes.