domingo, maio 2

Como o PS5 se tornou o console mais eco-friendly de sua geração

O Playstation 5 (PS5), lançado em novembro de 2020, é considerado o console mais eco-friendly da nova geração, emitindo cerca de um terço menos CO2 por hora que seu concorrente, o Xbox Series X, da Microsoft. A mudança começou no ano passado, quando a Sony Corporation lançou o plano Green Management 2025 e o One Blue Ocean Project, com o objetivo de eliminar o uso de plásticos em suas embalagens até 2025.

A decisão foi tomada considerando que, nos últimos 50 anos, o uso de plástico em todo o mundo aumentou cerca de vinte vezes, mas as taxas de reciclagem destes materiais permanecem em torno de 9%. Com isso, todo lixo que tem um final inapropriado acaba aumentando os índices de poluição nos oceanos, florestas e nos ambientes urbanos.

E nas embalagens do PlayStation 5 – um de seus mais recentes lançamentos – e de seus acessórios, a companhia conseguiu eliminar de 93% a 99% do uso de plástico.

A embalagem do PS5 foi projetada para ser 100% reciclável. O uso de poliestireno (isopor) foi substituído por cartões e bandejas de polpa de papel; as abraçadeiras de plástico foram substituídas por papel; e sacos plásticos de proteção usados para cabos e manuais de instrução foram eliminados. Em seu lugar, foram inseridas abas dobráveis em vez de coladas nas extremidades da caixa. 

O esforço já havia começado no antecessor PS4, com embalagens que contavam com 70% de PET reciclado nos materiais usados para expor o acessório em mercados como Europa, América do Norte e América do Sul. 

O objetivo para 2021 é a inclusão de polipropileno reciclado de resíduos pós-industriais nas caixas de jogos físicos na Europa.

Siga Bússola nas redes: Instagram | LinkedinTwitter  |   Facebook   |  Youtube