quarta-feira, maio 12

Como apagar beta do iOS e iPadOS

O Apple Beta Software Program é um programa da Apple que libera versões de teste dos seus sistemas operacionais a desenvolvedores e usuários comuns, que utilizam os novos recursos antecipadamente e refinam aplicativos para o lançamento final do sistema.

No entanto, utilizar seu iPhone ou iPad como aparelho de teste em um sistema operacional ainda na fase de desenvolvimento pode causar problemas diversos como bugs, lentidões ou dificuldades com falta de otimização dos aplicativos. Além disso, manter o perfil beta do iOS e iPadOS impede de receber as versões finais do sistema da empresa da Maçã.

Se você quer saber como voltar a receber atualizações oficiais do iPhone e iPad, precisará primeiro apagar o perfil beta dos aparelhos, ou restaurá-los.


Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Confira abaixo o passo a passo que preparamos com os métodos que você deve seguir para deixar de participar do programa de testes da Apple.

Apagando beta do iOS e iPadOS

Apague o perfil beta

Para simplesmente parar de receber atualizações beta, basta excluir o perfil de teste instalado no dispositivo. Para isso, na tela inicial do iPhone ou iPad, vá em Ajustes > Geral > Perfil. Em seguida, abra o perfil beta e toque em “Remover Perfil”.

Remova o perfil beta nos Ajustes do dispositivo – Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)

Dica: se você instalou o perfil beta no Apple Watch e também quer removê-lo, basta ir ao app Watch, em seguida, toque em “Geral” > “Perfis” > “watchOS Beta Software Profile”. Por fim, selecione a opção “Remover Perfil”.

Remova o perfil beta do Apple Watch – Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)

Remova a versão beta do iPhone e iPad

Se você precisa se livrar da versão beta do dispositivo urgentemente, a opção recomendada pela Apple é de apagar restaurar o aparelho do zero. Lembre-se de que backups realizados nestas versões não são compatíveis com as versões estáveis, portanto, sempre salve as informações importantes antes de instalar o sistema beta.

Para isso, é preciso conectar o seu dispositivo a um PC/Mac e colocá-lo em modo de recuperação. Identifique o modelo do seu aparelho abaixo e siga as instruções recomendadas:

  • iPhone 6s ou anterior, iPad com botão de Início ou iPod touch (6ª geração ou anterior): aperte e segure os botões de “Ligar/Desligar” e o “Home” simultaneamente. Não solte ao ver o símbolo da Apple, mantenha pressionados até a tela do modo de recuperação aparecer na tela.
  • iPhone 7, 7 plus ou iPod touch (7ª geração): aperte e segure os botões “Ligar/Desligar” e de diminuir o volume simultaneamente. Não solte ao ver o símbolo da Apple, mantenha pressionados até a tela do modo de recuperação aparecer na tela.
  • iPhone 8 ou posterior: pressione e solte rapidamente o botão de aumentar o volume. Em seguida, pressione e solte rapidamente o botão de diminuir o volume. Por fim, mantenha pressionado o botão lateral até a tela do modo de recuperação surgir.
  • iPad com Face ID: pressione e solte rapidamente o botão de aumentar o volume. Em seguida, pressione e solte rapidamente o botão de diminuir o volume. Mantenha pressionado o botão superior até o dispositivo reiniciar. Continue pressionando o botão superior até que entre em modo de recuperação.

Após seguir as etapas acima, basta clicar na opção “Restaurar”. O Mac/PC irá baixar a versão mais atual, não beta, restaurar o dispositivo e instalar o iOS ou iPad OS.

Restaure o dispositivo no Mac – Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)

Em um PC com a última versão do iTunes aparecerá dessa forma:

Restaure o dispositivo no iTunes com PC – Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)

Importante: o modo de recuperação é a única forma de remover a versão beta instantaneamente. Utilizar a ferramenta “Apagar Conteúdo e Ajustes” ainda manterá o sistema instalado no dispositivo.

Se você já alcançou o último beta da Apple, chamada de GM (golden master), não precisa instalar a versão final, visto que são versões praticamente idênticas do sistema operacional.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech: