Press "Enter" to skip to content

Cia. Hering e Soma aprovam combinação de negócios, menor valor do minério em nove meses, recomendações e mais notícias

SÃO PAULO – O noticiário corporativo desta quarta-feira (15) tem como destaque o novo passo para a combinação de negócios entre o Grupo Soma (SOMA3) e a Cia Hering (HGTX3), uma vez que foi aprovada em assembleias das duas companhias na última terça.

Power BI para Investidores

Já a Gol (GOLL4) anunciou a expansão de sua cooperação comercial com a American Airlines Group por meio de um acordo de codeshare exclusivo pelos próximos três anos, o qual aprofundará o relacionamento entre as duas empresas aéreas. Como parte do Acordo, a Gol receberá da American um investimento em equity de US$ 200 milhões (R$ 1,05 bilhão).

No mercado de commodities, o dia é novamente de queda para o minério em meio aos dados fracos da China e dados de produção, o que pode impactar a Vale (VALE3).

Os contratos futuros do minério de ferro na China atingiram o nível mais baixo em nove meses nesta quarta-feira, com a queda na produção de aço da maior produtora aumentando as preocupações em torno da demanda pela matéria-prima. A produção mensal de aço bruto da China caiu pelo terceiro mês consecutivo para 83,24 milhões de toneladas em agosto, mostraram dados do órgão nacional de estatísticas, tornando a produção média diária mais baixa desde março de 2020.

Os contratos futuros do minério de ferro mais negociados na Bolsa de Commodity de Dalian, para entrega em janeiro, chegaram a cair 4,3%, para 683 iuanes (US$ 106,02) por tonelada, o menor valor desde 9 de dezembro de 2020. O contrato fechou em queda de 2,9%, para 693 iuanes. Confira mais destaques:

Grupo Soma (SOMA3) e Cia Hering (HGTX3)

O Grupo Soma informou por meio de fato relevante à CVM que a combinação de negócios com a Cia Hering, anunciada em abril, foi aprovada em assembleias das duas companhias na última terça.

Na sequência seu conselho de administração se reuniu e decidiu pela confirmação do cumprimento das condições suspensivas previstas no Acordo de Associação e no Protocolo e Justificação da Operação.

Também confirmou o valor da parcela em dinheiro a ser pago aos acionistas da Hering, após os ajustes previstos no acordo, no montante de R$ 9,5415843 por ação ordinária.

Esse valor equivale, portanto, a R$ 7,9153303 por ação preferencial resgatável de emissão da Cidade Maravilhosa Indústria e Comércio de Roupas a ser recebida pelos acionistas da Hering.

Gol (GOLL4) e American Airlines

A Gol anunciou a expansão de sua cooperação comercial com a American Airlines Group por meio de um acordo de codeshare exclusivo pelos próximos três anos, o qual aprofundará o relacionamento entre as duas empresas aéreas. Como parte do Acordo, a Gol receberá da American um investimento em equity de US$ 200 milhões (R$ 1,05 bilhão).

Essa exclusividade, permite que o Acordo exceda os termos da parceria de codeshare existente entre a Gol e a American, aumentando as oportunidades de viagens aos seus passageiros, assim como melhorando a experiência do cliente e a posição competitiva da Gol nas rotas que conectam as Américas do Sul e do Norte.

“Em vigor desde fevereiro de 2020, o codeshare existente representa a maior malha aérea das Américas e permite que os Clientes da Companhia se conectem convenientemente a mais de 30 destinos nos Estados Unidos. Os voos da parceria atualmente operam nos hubs da Gol em São Paulo (GRU) e no Rio de Janeiro (GIG), integrando 34 opções de rotas brasileiras e internacionais, como é o caso de Montevidéu, no Uruguai”, informou a companhia.

A conclusão do acordo e o investimento em equity estão sujeitos a certas condições, incluindo assinatura e entrega da documentação definitiva e outras condições usuais de operações desse porte.

Bradespar (BRAP4)

O Conselho de Administração da Bradespar aprovou aumento de capital da companhia em R$ 1,66 bilhão. A companhia afirma que aumento de capital, com bonificação de ações, tem objetivo de aumentar liquidez dos papéis e tornar ação atrativa a mais investidores.

Vibra (BRDT3)

A Vibra, antiga BR Distribuidora, prestou esclarecimento sobre questionamento da CVM em relação às estimativas divulgadas em comunicado ao mercado de 1 de setembro de 2021, no âmbito do Investor Day.

As expectativas apresentadas baseiam-se em estudo de consultoria independente, refletindo um dos possíveis cenários diante das mudanças macroeconômicas e discussões envolvendo temas referentes à transição energética, informou a empresa.

A companhia reforça que não divulga projeções ou guidance de qualquer forma. Assim, quaisquer referências numéricas no referido material não possuem tal finalidade.

Com isso, a empresa incluirá em seu Formulário de Referência os dados citados e os excluirá como sendo projeções.

Plano & Plano (PLPL3)

A Plano & Plano  comunicou que realizará programa de recompra de ações com objetivo de adquirir até 6 milhões de ações ordinárias, ou de 9,33% dos papéis da companhia em livre circulação. O prazo se encerra em 13 de março de 2023.

Frigoríficos

A Arábia Saudita suspendeu importações de carne bovina oriundas de cinco frigoríficos do Brasil, que registrou dois casos atípicos de “vaca louca” no início deste mês, informou o Ministério da Agricultura na terça-feira.

Segundo a pasta, as cinco plantas estão em Minas Gerais, Estado em que um dos casos de vaca louca foi identificado. A segunda ocorrência da doença foi registrada em Mato Grosso.

Viveo (VVEO3)

O Bradesco BBI iniciou a cobertura para as ações da Viveo com recomendação outperform (desempenho acima da média do mercado) e preço-alvo de R$ 34,80, o que corresponde a um potencial de valorização de 43% em relação ao fechamento da véspera.

A Viveo é uma distribuidora de produtos médicos. A companhia foi fundada em 1996 pela família Mafra, que hoje controla o negócio juntamente com a família Bueno, fundadora do grupo Amil.

Entre os pontos para o investimento estão o potencial de crescimento significativo, dado um mercado endereçável de R$ 94 bilhões (10 vezes  o tamanho da empresa), o ecossistema exclusivo da Viveo e bom potencial com fusões e aquisições.

Ultrapar (UGPA3)

O Bradesco BBI avalia que o mercado perdeu as referências sobre o que pode ser uma margem sustentável para a Ipiranga, braço da Ultrapar. O banco diz que, após a empresa divulgar uma margem de R$ 53 por metro cúbico no segundo trimestre em 2021, frente ao patamar anterior, na casa de R$ 90, os investidores não sabem o que esperar para os próximos trimestres.

A partir de uma ligação com a proprietária do Ipiranga, a Ultrapar, sobre os resultados no segundo trimestre, o banco avalia que o Ipiranga parece estar lidando com problemas adicionais de logística e trading em comparação com as concorrentes Raízen e Vibra.

O banco diz que, se nos próximos trimestres as margens ficarem acima de R$ 70 por metro cúbico, as ações devem voltar a se valorizar. Até então, o banco mantém recomendação neutra (perspectiva de valorização dentro da média do mercado) dada a incerteza em relação a margens sustentáveis. O preço-alvo para a Ultrapar fica em R$ 21.

(com Reuters e Estadão Conteúdo)

Conheça o plano de ação da XP para você transformar os desafios de 2022 em oportunidades de investimento.

The post Cia. Hering e Soma aprovam combinação de negócios, menor valor do minério em nove meses, recomendações e mais notícias appeared first on InfoMoney.

Mission News Theme by Compete Themes.