segunda-feira, abril 26

Negócios

Primeiro ETF de criptomoedas do Brasil começa a ser negociado na B3 nesta segunda
Negócios

Primeiro ETF de criptomoedas do Brasil começa a ser negociado na B3 nesta segunda

SÃO PAULO – Começaram a ser negociadas nesta segunda-feira (26) as cotas do primeiro fundo de índice (ETF) de criptomoedas do Brasil, o Hashdex Nasdaq Crypto Index Fundo de Índice (HASH11).Criado pela gestora Hashdex, o ETF foi precificado na semana passada a R$ 47,02 por cota. Nesta segunda, às 13h (horário de Brasília), ele era negociado a R$ 50,36, uma alta de 7,10%.O ativo está disponível para qualquer tipo de investidor. Para negociar cotas de ETF, o investidor precisa apenas ter uma conta aberta e ativa em uma corretora brasileira.A emissão primária feita pela Hashdex, de 12.305.014 cotas, levantou R$ 615,25 milhões, valor quase 3 vezes acima da captação mínima que a gestora havia colocado como objetivo em seu prospecto, de R$ 250 milhões.Para Rogério Santana, diretor de relacionamen...
Temporada de resultados do 1º trimestre ganha força na Bolsa: quais serão os destaques?
Negócios

Temporada de resultados do 1º trimestre ganha força na Bolsa: quais serão os destaques?

SÃO PAULO – A temporada de balanços do primeiro trimestre de 2021 teve início na última sexta-feira (23), com a divulgação dos números da Usiminas (USIM5) e da Hypera (HYPE3), com números positivos, já trazendo sinais do que esperar para diversas companhias na Bolsa que ainda publicarão seus balanços.Os primeiros três meses, para os quais eram esperados recuperação, foram marcados por turbulência no mercado em meio ao avanço da segunda onda da pandemia de coronavírus e as discussões sobre o Orçamento.No Brasil, a atividade econômica vem perdendo fôlego desde o final de 2020, conforme destaca a XP em relatório. Assim, depois de uma recuperação ao longo do segundo semestre do ano passado, a piora da pandemia deve impactar a atividade nessa primeira metade de 2021. Por outro lado, o avanço da...
Estatal volta a operar em porto e deve elevar oferta de petróleo da Líbia
Negócios

Estatal volta a operar em porto e deve elevar oferta de petróleo da Líbia

A estatal National Oil Corporation, da Líbia, informa em comunicado nesta segunda-feira, 26, que foi retirada uma paralisação (“force majeure”) nos trabalhos do porto de Hariga, no leste do país, após um acordo entre a empresa e o governo de unidade nacional.Com isso, a produção e a oferta de petróleo da Líbia devem aumentar.A interrupção dos trabalhos no porto havia sido declarada pela estatal em 19 de abril. Também na semana passada, a empresa disse que a produção da Líbia, integrante da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), recuaria de 1,3 milhão a 1 milhão de barris por dia, devido ao acúmulo de dívidas por empresas do setor.Agora, a estatal afirma que o governo instruiu as empresas a pagar suas obrigações, e que a administração está também fazendo um esforço para res...
Governo prepara proposta inicial para abertura do mercado de energia
Negócios

Governo prepara proposta inicial para abertura do mercado de energia

SÃO PAULO (Reuters) – O Ministério de Minas e Energia prevê começar a partir de junho avaliações sobre proposta inicial de mudanças necessárias para a viabilização de uma futura expansão do chamado mercado livre de eletricidade, disse nesta segunda-feira a secretária-executiva da pasta, Marisete Pereira.Essas análises farão parte de um plano de modernização da legislação e da regulação do setor elétrico conduzido pelo governo e que já tem sido discutido com o Congresso por meio de um projeto de lei hoje em tramitação na Câmara, explicou ela, ao participar de evento promovido pelo Canal Energia.No mercado livre, empresas com maior demanda, como indústrias, podem negociar diretamente o suprimento de energia e preços junto aos fornecedores, como geradores e comercializadoras de eletricidade.O...
Brex, fintech criada por brasileiros no Vale do Silício, já vale US$ 7,4 bilhões com novo aporte
Negócios

Brex, fintech criada por brasileiros no Vale do Silício, já vale US$ 7,4 bilhões com novo aporte

SÃO PAULO – A Brex foi criada pelos brasileiros Henrique Dubugras e Pedro Franceschi em 2017. A fintech que ajuda startups a conseguir crédito se tornou um unicórnio, ou startup avaliada em US$ 1 bilhão, em menos de dois anos de operação. Nesta segunda-feira (26), a Brex anunciou outro marco: a captação de um investimento que elevou seu valuation para “mais de US$ 7,4 bilhões”.A rodada série D de US$ 425 milhões foi liderada pelo fundo de investimentos Tiger Global. A Brex também conquistou novos fundos, como TCV, GIC, Baillie Gifford, Madrone Capital Partners, Durable Capital Partners LP, Valiant Capital Management e Base10. Todos os seus maiores investidores em rodadas anteriores também injetaram novo capital na empresa: Y Combinator Continuity, Ribbit Capital, DST Global, Greenoaks Capi...
Preços dos SUVs compactos sobem até 44,9% durante a pandemia. Veja as maiores altas
Negócios

Preços dos SUVs compactos sobem até 44,9% durante a pandemia. Veja as maiores altas

SÃO PAULO – O preço dos SUVs compactos, veículos de porte maior e que estão adaptados para andar dentro e fora de áreas urbanas, subiu até 45% nos últimos 12 meses. A informação é de pesquisa da empresa de avaliação de automóveis Kelley Blue Book (KBB) Brasil.A diferença entre o modelo mais barato e mais caro chegou a quase R$ 81 mil, ante pouco mais de R$ 57 mil em abril de 2020. Segundo a KBB, a pesquisa compara os modelos de entrada de cada ano. Fatores como atualização de ano modelo ou reestilizações não foram ponderados para fazer a análise de variação.Um modelo da Suzuki mostrou a maior variação de preço: o Jimny teve o maior aumento da categoria, com 44,9% de diferença. O S-Cross, modelo mais caro entre as SUVs, também viu um aumento expressivo: de R$ 117.490 para R$ 149.240, cerca ...
Com disciplina e treinamento, investidores usam mercado futuro para gerar renda extra
Negócios

Com disciplina e treinamento, investidores usam mercado futuro para gerar renda extra

Como muitas mulheres, a professora Carmen Lucia dos Santos, hoje com 53, deixou a carreira para cuidar dos filhos em casa. Anos depois, quando viu seu trabalho doméstico diminuir, investiu o tempo livre no aprendizado de novas atividades. Em treinamento para encarar o day trade do mercado futuro, ela já faz planos para as suas operações no minidólar. “Espero ter uma aposentadoria tranquila e mais tempo para viagens”, diz a ex-professora. “Há um ano, procurei na internet sobre cursos de bolsa de valores, um mundo então desconhecido para mim. Vi vários vídeos, até mesmo uns que nos deixam hipnotizados pela ostentação, e querem nos seduzir com uma ideia de dinheiro fácil”, conta Carmen Lúcia. Consciente dos riscos de um mercado de alta volatilidade, ela apostou em um simulador antes de encara...
Banco Central corre risco de ter de subir juro além do previsto, diz Loyola
Negócios

Banco Central corre risco de ter de subir juro além do previsto, diz Loyola

(Bloomberg) — A segunda onda da pandemia da Covid-19 no Brasil e a complicada discussão sobre o Orçamento deste ano dificultam a política monetária e podem levar o Banco Central apertar a política monetária além do que sinalizou, diz Gustavo Loyola, ex-presidente do BC.Para ele, a autoridade monetária precisa ter uma postura cautelosa diante da anemia da atividade, mas também não pode ignorar as pressões inflacionárias e o risco de as expectativas de inflação para 2022 ficarem desancoradas.O BC optou por uma estratégia de contemplar as duas coisas e arrisca-se a ser forçado a subir os juros mais do que o já sinalizado, afirma o atual sócio-diretor da Tendências Consultoria.No mês passado, o Copom elevou a Selic em 0,75 ponto percentual, para 2,75%, e indicou que fará outro aumento do mesmo...
Por que ações da Soma caem após fusão com a Hering e o que esperar dos negócios combinados?
Negócios

Por que ações da Soma caem após fusão com a Hering e o que esperar dos negócios combinados?

SÃO PAULO – Em menos de uma quinzena, diversas reviravoltas ocorreram no setor de varejo de moda, bastante impactado pela pandemia e que tem se envolvido em diversas operações de fusões e aquisições. No dia 14 de abril, a Cia. Hering (HGTX3) recusou a proposta para incorporar seus negócios aos da Arezzo (ARZZ3) avaliada em R$ 3,2 bilhões. Já nesta segunda-feira (26), a companhia surpreendeu o mercado e aceitou a oferta feita pelo Grupo Soma (SOMA3) em uma operação de R$ 5,1 bilhões, ou um valor 59% maior.A operação será feita da seguinte forma: cada acionista da companhia Hering irá receber – após dez dias úteis contados do fechamento da operação – R$ 9,630957 em dinheiro, a ser pago à vista, em parcela única, além de 1,63 ação ordinária de emissão do Grupo Soma, dono da Farm e da Animale....
Estados Unidos vão doar cerca de 60 milhões de vacinas Oxford/AstraZeneca ao mundo, diz agência
Negócios

Estados Unidos vão doar cerca de 60 milhões de vacinas Oxford/AstraZeneca ao mundo, diz agência

SÃO PAULO – Os EUA começarão a compartilhar toda sua produção de vacinas da Oxford/AstraZeneca com o mundo, assim que a vacina contra a Covid-19 passar pelas revisões federais de segurança e for aprovada em solo americano, conforme informou a Casa Branca com exclusividade à agência de notícias Associated Press (AP) nesta segunda-feira (26).A expectativa é de que cerca de 60 milhões de doses estejam disponíveis para exportação nos próximos meses, segundo a agência. Ainda não há definições sobre o destino das doses doadas.A medida expande a ação do governo do presidente Joe Biden vista em março deste ano, quando compartilhou cerca de 4 milhões de doses da mesma vacina com Canadá e México. Os dois países aprovaram o uso da Oxford/AstraZeneca em suas campanhas contra a Covid-19.A vacina Oxford...