domingo, maio 2

Bruno Covas se licencia do cargo de prefeito de SP para tratar câncer

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), decidiu se licenciar do cargo neste domingo, 2, para tratar o câncer neste domingo, 2. Ele deve voltar a se internar no Hospital Sírio-Libanês, no Centro de São Paulo, ainda neste domingo.

Covas publicou em sua conta do Twitter uma nota explicando a decisão do afastamento:

“Sempre disse que minha responsabilidade com São Paulo conduziria minhas decisões. Tenho seguido à risca as orientações da equipe médica e venho trabalhando em regime de teletrabalho, ao longo desses últimos dias, contando com a dedicação e empenho de nossa equipe. Mas agora, diante dos novos focos da doença, meu corpo está exigindo que eu dedique mais tempo ao tratamento, que entra em uma fase muito rigorosa”, publicou em nota no Twitter.

Segundo a nota, Covas irá solicitar afastamento de 30 dias para a Câmara de Vereadores do município. O vice-prefeito Ricardo Nunes assume o cargo no período.

Avanço da doença

O prefeito havia recebido alta médica na terça-feira, 27, após passar 12 dias no Hospital Sírio-Libanês, no Centro de São Paulo, internado em decorrência do tratamento de câncer a que se submete desde novembro de 2019.

Covas vinha sendo atendido com um protocolo que inclui tanto quimioterapia quanto imunoterapia, e o prognóstico é que siga ambos os procedimentos com aplicações dos medicamentos em sessões 48 horas de duração, a cada duas semanas. 

Reportagem em atualização