Press "Enter" to skip to content

Ásia: bolsas fecham mistas, após indicadores chineses e de olho em dados dos EUA

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta quarta-feira, 13, após fortes dados chineses de exportação e à espera de novos números de inflação e balanços corporativos dos EUA. Na China continental, o Xangai Composto subiu 0,42%, a 3.561,76 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 1,29%, a 2.394,39 pontos. As exportações chinesas superaram as expectativas em setembro, com um salto anual de 28,1%.

Power BI para Investidores

Em outras partes da Ásia, o japonês Nikkei caiu 0,32% em Tóquio, a 28.140,28 pontos, enquanto o sul-coreano Kospi se valorizou 0,96% em Seul, a 2.944,41 pontos, e o Taiex recuou 0,70% em Taiwan, a 16.347,99 pontos. Em Hong Kong, o pregão de hoje foi cancelado devido a um alerta de tufão.

O desempenho misto na região asiática precede também a publicação de novos dados da inflação ao consumidor (CPI) dos EUA, que está numa trajetória de forte alta e gera temores de aperto monetário, e o início de mais uma temporada de balanços trimestrais de empresas e bancos americanos. Em dia de cautela, as bolsas de Nova York tiveram modestas perdas ontem.

Na Oceania, a bolsa australiana fechou em leve baixa nesta quarta, depois de oscilar em torno da estabilidade ao longo da sessão. O S&P/ASX 200 caiu 0,11% em Sydney, a 7.272,50 pontos. (Com informações da Dow Jones Newswires).

O post Ásia: bolsas fecham mistas, após indicadores chineses e de olho em dados dos EUA apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Mission News Theme by Compete Themes.