Press "Enter" to skip to content

As Evidências do Karaokê do Xororó

Por Danilo Vicente*

Você conhece o Karaokê do Xororó? Dá uma olhada no Instagram do cantor, parceiro do Chitãozinho. É um sucesso só, uma espécie de concurso que ele promove incentivando seus seguidores a gravar a segunda voz. Ele apresenta a primeira e quem quiser entra com a segunda para acompanhar.

Xororó prometeu divulgar três músicas inéditas nesse Karaokê. Quando seu irmão ouviu Pássaros, uma delas, não perdeu a chance. “Ouvi o Xororó cantando sozinho e foi impactante. Resolvemos gravar juntos”, disse Chitãozinho em uma entrevista coletiva com 40 jornalistas para lançamentos da música.

Há muitas evidências nesse Karaokê do Xororó. Ou melhor, muitas Evidências, em maiúscula. Segundo o Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição), que controla arrecadação e distribuição dos direitos autorais das músicas, Evidências está em 12º lugar no ranking de nacionais mais tocadas nos últimos cinco anos. Posição assombrosa para uma canção (de autoria de Paulo Sérgio Valle e José Augusto) que completou, em 2020, 30 anos nas vozes de Chitãozinho e Xororó.

Como pode? Simples: karaokê. A dupla, de acordo com o Ecad, tem 22 gravações da canção cadastradas. E 10 milhões (chute meu) de versões de amadores gritando a plenos pulmões: “Chega de mentira, de negar o meu desejo. Eu te quero mais que tudo. Eu preciso do teu beijo… Só quero ouvir você dizer que sim”.

A KWC Brasil, que promove o Campeonato Mundial de Karaokê, em 2017 avaliou duas mil casas de karaokê no país e demonstrou em números o que qualquer frequentador sabe: é a campeã dos amadores. Evidências é cantada, em média, 5,2 vezes por noite. Tem local em que a faixa chega a ser interpretada 12 vezes.

Nesta pandemia da covid-19, artistas gravaram, no estilo We Are the World, esse hino nacional informal. Os memes pululam nos smartphones. E a música continua garantia de ânimo para qualquer show (ainda que online).

A maior dupla sertaneja da história (sim, arrisco a afirmação) tem no simples karaokê um pedaço do sucesso e da longevidade de 50 anos (completados também em 2020). E agora o utiliza, no Instagram, como impulso para uma nova fase.

Ideia genial que Xororó colocou em prática e está ganhando as rádios, o Domingão do Faustão (Pássaros foi cantada no programa em abril) e as plataformas digitais. Uma evidência de como se manter 50 anos no auge. 

*Danilo Vicente é sócio-diretor da Loures Comunicação

Mission News Theme by Compete Themes.