quarta-feira, maio 12

As ações que pagam dividendos mais indicadas para maio

As ações da Telefônica Vivo (VIVT3) lideram as recomendações de corretoras para maio entre as boas pagadoras de dividendos. Os papéis da companhia foram indicados por seis das 11 carteiras consultadas pela EXAME Invest.  O total considera tanto as ações preferenciais VIVT4 e as ordinárias VIVT3. Entretanto, desde o final do ano passado, as ações preferenciais deixaram de ser negociadas. Por isso, apesar dos analistas indicaram a VIVT4, a EXAME Invest considera estas indicações como VIVT3.  

Outro destaque foram as ações da Itaúsa (ITSA4), Taesa (TAEE11) e Petrobras Distribuidora (BRDT3). Os papéis das companhias foram indicados em cinco das 12 carteiras consultadas. 

Ganha pouco, mas gostaria de começar a guardar dinheiro e investir? Aprenda com a EXAME Academy

Sobre a Telefônica, os analistas destacaram que a companhia apresenta um robusto e consistente fluxo de caixa e tem um longo histórico de pagamento de dividendos. “Mesmo sendo impactada negativamente com a desaceleração econômica na pandemia, o impacto nos resultados da companhia foi limitado, devido à importância cada vez maior do setor onde atua, principalmente neste difícil momento de isolamento social e ao seu modelo de negócios resiliente”, disseram os analistas da Elite Corretora. 

Em relação a Taesa, os analistas destacaram que a companhia sinalizou que segue comprometida nos investimentos visando o crescimento. Somado a isso,  a Taesa ainda conta com um caixa abastecido após as três recentes captações. Enquanto a Itaúsa, o destaque é histórico de resiliência às turbulências do cenário político e econômico e a postura conservadora para atravessar o momento atual do país. 

Veja abaixo a lista completa e a recomendação de cada corretora:

Ação Recomendação
Telefonica Vivo Tae(VIVT3) 6
Itaúsa (ITSA4) 5
Taesa (TAEE11) 5
Petrobras Distribuidora (BRDT3) 5
Vale (VALE3) 4
B3 (B3SA3) 3
Transmissão Paulista (TRPL4) 3
Cyrela (CYRE3) 3
BB Seguridade (BBSE3) 2
Santander (SANB11) 2
Copasa (CSMG3) 2
Copasa (CSMG3) 2
Ecorodovias (ECOR3) 1
Klabin (KLBN11) 1
AES Brasil (AESB3) 1
Banco do Brasil (BBASE3) 1
Bradespar (BRAP4) 1
Gerdau (GGBR4) 1
Energisa (ENGI11) 1
Odontoprev (ODPV3) 1
Pão de Açucar (PCAR3) 1
Itaú Unibanco (ITUB4) 1
Hypera Pharma (HYPE3) 1
Alupar (ALUP11) 1
Cesp (CESP6) 1
Engie (EGIE3) 1

Ágora Investimentos

Desempenho em abril: 3,67%
Desempenho no ano 2021: 3,76%
Ação retirada: Telefônica Brasil
Ação incluída: B3

Ação Peso (%)
B3 (B3SA3) 20
Ecorodovias (ECOR3) 20
Itaúsa (ITSA4) 20
Taesa (TAEE11) 20
Vale (VALE3) 20

Elite

Desempenho em abril: 1,27%
Desempenho no ano: -2,73%
Não houve alteração na carteira.

Ação Peso (%)
BB Seguridade (BBSE3) 20
Itaúsa (ITSA4) 20
Transmissão Paulista (TRPL4) 20
Taesa (TAEE11) 20
Telefônica Vivo (VIVT4) 20

Guide Investimentos

Desempenho em abril: -0,72%
Desempenho no ano: 2,27
Ações retiradas: B3, CCR e Enauta
Ações incluídas: Petrobras Distribuidora, Cyrela e Santander

Ação Peso (%)
Cyrela (CYRE3) 20
Klabin (KLBN11) 20
Petrobras Distribuidora BRDT3 20
Santander (SANB11) 20
Vale (VALE3) 20

Genial

Desempenho em abril: 4,78%
Desempenho no ano: 6,55%
Ações excluídas: Cesp
Ações incluídas: AES Tietê

Ação Peso (%)
AES Brasil (AESB3) 20
BR Distribuidora (BRDT3) 20
Copasa (CSMG3) 20
Cyrela (CYRE3) 20
Isa CTEEP (TRPL4) 20

Modalmais

Desempenho em abril: 2,4%
Desempenho no ano: -0,5%
Não houve alteração na carteira.

Ação Peso (%)
Itaúsa (ITSA4) 20
Banco do Brasil (BBASE3) 20
Taesa (TAEE11) 20
Petrobras Distribuidora (BRDT3) 20
Telefônica Vivo (VIVT4) 20

Mycap

Desempenho em abril: -1,23%
Desempenho no ano: -8,97%
Ações retiradas: Grupo Energisa
Ações incluídas: Petrobras Distribuidora

Ação Peso (%)
BB Seguridade (BBSE3) 20
Bradespar (BRAP4) 20
Itaúsa (ITSA4) 20
Petrobras Distribuidora (BRDT3) 20
Telefônica Vivo (VIVT3) 20

Nova Futura

Desempenho em abril: -0,57%
Desempenho no ano: 1,58%
Não houve alteração na carteira.

Ação Peso (%)
B3 (B3SA3) 20
Cyrela (CYRE3) 20
Gerdau (GGBR4) 20
Telefônica Vivo (VIVT3) 20
Isa CTEEP (TRPL4) 20

Planner

Desempenho em abril: 4,72%
Desempenho no ano: 1,13%
Ações excluídas: Minerva Foods, Alupar, Cemig, Grendene e Notre Dame Intermédica
Ações incluídas: Engie, Odontoprev, Pão de Açucar, Santander e Taesa.

Ação Peso (%)
Energisa (ENGI11) 20
Odontoprev (ODPV3) 20
Pão de Açucar (PCAR3) 20
Santander (SANB11) 20
Taesa (TAEE11) 20

Quantitas

Desempenho em abril: 5,14%
Desempenho no ano: 5,93%
Não houve alteração na carteira.

Ação Peso (%)
Itaú Unibanco (ITUB4) 20
Telefônica Vivo (VIVT3) 20
Hypera Pharma (HYPE3) 20
Taesa (TAEE11) 20
Vale (VALE3) 20

Santander

Desempenho em abril: 5,30%
Desempenho no ano: 3,36%
Não houve alteração na carteira.

Ação Peso (%)
Alupar (ALUP11) 20
Itaúsa (ITSA4) 20
Petrobras Distribuidora (BRDT3) 20
Telefonica Vivo (VIVT3) 20
Vale (VALE3) 20

Terra

Desempenho em abril: -0,51%
Desempenho no ano:-4,49%
Não houve alternação na carteira.

Ação Peso (%)
B3 (B3SA3) 20
CCR (CCRO3) 20
Cesp (CESP6) 20
Copasa (CSMG3) 20
Engie (EGIE3) 20