Press "Enter" to skip to content

Apple reduz preço do iPhone 12 e 11 em até R$ 1.500; iPhone XR é descontinuado

Durante seu evento realizado na tarde desta terça-feira (14), a Apple não apenas apresentou novos modelos do iPad, um novo Apple Watch com corpo mais resistente e quatro modelos da linha iPhone 13 como também confirmou mudanças já esperadas, descontinuando o extremamente popular iPhone XR e reduzindo preços de modelos lançados em 2020 e 2021.

Apple anuncia linha iPhone 13 com chip A15 Bionic, tela de 120 Hz e mais BAIXOU | iPhone 11 também recebe corte de preço em dia de evento da Apple Por que o iPhone XR ainda vende tanto?

Apresentando em 2018 com o iPhone XS e XS Max, o iPhone XR foi o primeiro modelo “mais acessível” lançado pela Apple em conjunto com versões mais poderosas, visando conquistar um segmento de mercado dominado por smartphones Android com ótimo desempenho.

E assim o fez sucessivamente desde então, apresentando modelos com preços menores e menos câmeras, mas mantendo o processador de última geração, o excelente desempenho e a garantia de anos de atualização.


Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.

Apple deixa de vender e fabricar iPhone XR

(Imagem: Reprodução/Apple)

Em 2019 o iPhone XR foi o celular mais vendido da Apple e três anos após seu lançamento o dispositivo continua atraindo grande interesse de quem quer entrar no ecossistema da Apple sem pagar preços exorbitantes por modelos de última geração, mas ainda garantindo bons anos de atualização, Face ID e ótimas câmeras.

Há poucas semanas, ainda no mês de agosto, o Canaltech publicou uma matéria dedicada para entender o motivo pelo qual o iPhone XR ainda vende tanto, explicando porque um dispositivo de 2019 ainda consegue ser tão procurado. Você pode ler todos os detalhes aqui.

Com a chegada do iPhone 13 a Apple oficialmente descontinua o iPhone XR e deixa de fabricá-lo e vendê-lo de forma oficial, mas ainda será possível encontrar o dispositivo em lojas de varejo, enquanto durarem os estoques.

iPhone 12 e 11 têm queda de até R$ 1.500

iPhone 11 deve substituir legado do XR como “o melhor iPhone para a maioria” (Imagem: Reprodução/Apple)

O anúncio dos novos smartphones da Apple também representa uma queda nos preços dos modelos anteriores. Com o iPhone 12 Pro e 12 Pro Max saindo das prateleiras, a Apple realiza um reajuste de preços de menos R$ 1.500 para o iPhone 12 e menos R$ 1.300 para o iPhone 12 mini.

O iPhone 11 tem queda de preço de R$ 700 em ambos os modelos de 64 GB e 128 GB de armazenamento. O iPhone SE é o único modelo que não tem redução de custo. Confira abaixo uma lista com todas as reformulações de preços impostas pela Apple em seu portfólio:

iPhone SE por R$ 3.699

iPhone 11 (64 GB) de R$ 5.699 por R$ 4.999
iPhone 11 (128 GB) de R$ 6.199 por R$ 5.499

iPhone 12 Mini (64 GB) de R$ 6.999 por R$ 5.699
iPhone 12 Mini (128 GB)de R$ 7.499 por R$ 6.199
iPhone 12 Mini (256 GB) de R$ 8.499 por R$ 7.199

iPhone 12 (64 GB) de R$ 7.999 por R$ 6.499
iPhone 12 (128 GB) de R$ 8.499 por R$ 6.999
iPhone 12 (256 GB) de R$ 9.499 por R$ 7.999

Os novos iPhone 13 chegam ao Brasil em breve com preços a partir de R$ 6.599. Rumores levam a crer que um novo iPhone SE pode ser o próximo smartphone apresentado pela Apple durante o início de 2022.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

Marvel anuncia quatro novos filmes para 2024 e amplia cronograma da Fase 4 32 apps e jogos temporariamente gratuitos para Android nesta terça (14) Xiaomi deve lançar novo notebook gamer barato ainda neste mês Ímã capaz de erguer um porta-aviões ajudará a criar Sol artificial Nada cringe: 10 jogos antigos que ainda fazem sucesso

Mission News Theme by Compete Themes.