quinta-feira, abril 8

Amazon Music libera “Modo Carro” para controle de músicas ao volante

Nesta quarta-feira (7), o Amazon Music lançou o Modo Carro, sua nova interface simplificada e otimizada para motoristas. Os menus retrabalhados chegam para Android e iOS e foram projetados especialmente para momentos que pedem pouca distração e controles mais claros para retroceder, pausar e avançar faixas de uma playlist.

Assim como acontece no Spotify, ao conectar via Bluetooth com o centro de mídia de um veículo, o Modo Carro entra em ação e muda a cara do Amazon Music. A interface adaptada aumenta o tamanho dos botões, organiza as músicas em uma lista vertical de fácil interpretação e eleva os controles de mídia para o topo da tela.

Essa nova visualização é crucial para proporcionar uma experiência fluida enquanto o usuário está ao volante — embora direcionar a atenção ao celular não seja recomendado em todo caso. Dar mais espaço para os botões e apresentar informações de forma concisa é a prioridade, ocultando menus complexos ou seleção complicada de músicas.


Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.

(Imagem: Divulgação/Amazon)

A conexão Bluetooth não é o único meio para habilitar o visual mais simples. O usuário pode ativar o Modo Carro a partir do menu de configurações, assim como desabilitá-la direto do botão estacionado no canto superior esquerdo da tela. Se a adaptação automática não for desejada, também pode ser desligada a partir das opções.

Segundo a Amazon, a visualização não é limitada às músicas de playlists já criadas. Na verdade, também é uma porta de entrada para aproveitar outras faixas baseadas no interesse do usuário. Essa descoberta também pode ser configurada nos menus do programa, tal como acontece na interface comum.

A atualização com do Amazon Music com o Modo Carro chega para o iOS na versão 10.7.0; no Android, na 17.7.4. É usuário do serviço de streaming e quer experimentar a novidade? Confira na loja de aplicativos se há algum download pendente. Se ainda não tiver chegado, resta apenas aguardar para que alcance seu aparelho.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech: