sábado, fevereiro 27

Ações da Locaweb avançam 4% após aquisições; JHSF tem leves perdas após balanço do 4º tri

SÃO PAULO – Os grandes destaques da sessão desta sexta-feira (19) ficam para as ações da Petrobras (PETR3;PETR4), com queda de cerca de 4% dos seus ativos após a fala de Jair Bolsonaro, presidente da República, na véspera, com críticas ao forte reajuste de preços de combustíveis e aumentando a percepção de risco para a estatal. Ele ainda apontou que  “obviamente” vai ter consequência a fala do presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, que dias atrás havia dito que a ameaça de greve de caminhoneiros não era problema da estatal. Veja mais clicando aqui.

Os resultados do quarto trimestre também chamam a atenção, com destaque para o IRB (IRBR3), que registrou prejuízo líquido de R$ 1,521 bilhão em 2020, frente a lucro de R$ 1,210 bilhão no ano anterior. No quarto trimestre, o prejuízo contábil foi de R$ 620,2 milhões, frente a lucro de R$ 654,4 milhões do mesmo período do ano anterior, e prejuízo de R$ 229,8 milhões no terceiro trimestre. Veja mais sobre o balanço aqui. 

Mas, além dessas companhias, outros anúncios movimentam o mercado: a ação da JHSF (JHSF3) registra perdas, ainda que relativamente modestas, de cerca de 1%, após reportar uma queda de 10,4% no lucro líquido no quarto trimestre de 2020, de R$ 211 milhões para R$ 189,2 milhões, na comparação com o mesmo período do ano anterior. No acumulado de 2020, contudo, houve alta de 98,6%, para R$ 638,9 milhões.

Já a Locaweb (LWSA3), que anunciou duas aquisições, vê suas ações com ganhos de cerca de 4%. Confira mais destaques:

Locaweb (LWSA3)

A Locaweb anuncia duas aquisições logo após oferta de ações.

Uma das companhias foi a Credisfera, fintech que oferece soluções de crédito para PME’s e que, segundo a companhia, permitirá que a Locaweb passe a oferecer mais esse serviço para os seus clientes de forma simples e integrada. A outra aquisição foi da Dooca, “plataforma de e-commerce de fácil uso, moderna, com design avançado e que cresceu mais de 650% em 2020”, destacou a empresa.

“Com mais essas aquisições, a companhia segue consolidada como o mais completo ecossistema de soluções tecnológicas para e-commerces e PME’s”, destacou.

Fernando Cirne, CEO da Locaweb, apontou em comunicado: “Há um ano fizemos o IPO, realizamos 6 importantes aquisições e construímos o mais completo ecossistema de soluções de e-commerce para PME’s do Brasil. Estamos animados em anunciar mais duas importantes aquisições, logo após o Follow On, fortalecendo a nossa estratégia de M&A (…) Criamos uma metodologia muito acertada para fazer aquisições e integrá-las, o que foi reconhecido pelo mercado dado o sucesso do nosso Follow On.”

Com ambos os negócios, a Locaweb soma oito fusões e aquisições desde sua oferta pública inicial de ações. O Itaú BBA destacou que a solução de crédito da Credisfera permitirá expandir seu mercado e ampliar o escopo de possíveis clientes, além de ampliar as vendas em sua base de clientes já existente por meio da expansão de soluções que tem a oferecer em seu portfólio. A Dooca Commerce permitirá à Locaweb consolidar sua presença no mercado de e-commerce, em que a empresa já tem uma posição de liderança. Os analistas do banco mantêm recomendação outperform para os ativos, com preço justo de R$ 32.

Petrobras (PETR3;PETR4)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou em transmissão na noite desta quinta-feira pelas redes sociais que “obviamente” vai ter consequência a fala do presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, que dias atrás havia dito que a ameaça de greve de caminhoneiros não era problema da Petrobras. Na live, Bolsonaro reclamou dos preços dos combustíveis e anunciou medidas com o objetivo de reduzi-los.

“Nós acusamos responsabilidade de todo mundo. Pessoal, ninguém dá bola pra nada. Você vai na Receita: ‘Você, da Receita, não fiscaliza por quê?’ O cara não tem resposta. Eu não posso chamar atenção da Agência Nacional de Petróleo, porque é independente, mas tem atribuição também. Não faz nada”, disse.

“Você vai em cima da Petrobras e ela fala: ‘Opa, não é obrigação minha’. Ou, como disse o presidente da Petrobras, há questão de poucos dias, né: ‘eu não tenho nada a ver com caminhoneiro. Eu aumento o preço aqui, não tenho nada a ver com caminhoneiro’. Foi o que ele falou, o presidente da Petrobras. Isso vai ter uma consequência, obviamente. Não tenho nada a ver com isso”, emendou.

Em um evento no final de janeiro, o presidente da Petrobras disse que a ameaça de greve de caminhoneiros, que buscava pressionar pela redução de preços do diesel, não era problema da estatal, que pratica preços de paridade internacional. “Este é um problema que não é da Petrobras”, afirmou Castello Branco, na ocasião.

A paralisação prevista para o início de fevereiro, entretanto, não teve adesão entre os caminhoneiros. Uma greve anterior, em 2018, criou grandes prejuízos econômicos para o país. Bolsonaro tem um forte ligação, desde a época da campanha, com os caminhoneiros e tem anunciado uma série de medidas para a categoria durante a sua gestão.

O Credit Suisse avaliou a crítica de Bolsonaro à alta de preços de combustíveis praticada pela Petrobras como negativa. Na avaliação do banco, o mercado deverá precificar o aumento de risco de interferência.

Ainda no radar da estatal, os petroleiros da Bahia suspenderam uma greve iniciada nesta quinta-feira, para pressionar a Petrobras por respostas diante da venda de uma refinaria no Estado, após a estatal propor retomar negociações, afirmou em nota a Federação Única dos Petroleiros (FUP).

O movimento teve a adesão de cerca de mil trabalhadores, de acordo com a federação, além de contar com atos em outras unidades do país. O movimento não afetou a produção da Refinaria Landulpho Alves (Rlam), em São Francisco do Conde (BA), que está em estágio avançado de venda para o Mubadala Capital, informou a Petrobras, que confirmou ter sido notificada da suspensão do movimento.

JHSF (JHSF3)

A JHSF Participações reportou após o fechamento na quinta uma queda de 10,4% no lucro líquido no quarto trimestre de 2020, de R$ 211 milhões para R$ 189,2 milhões, na comparação com o mesmo período do ano anterior. No acumulado de 2020, houve alta de 98,6%, para R$ 638,9 milhões.

A receita líquida consolidada subiu 111% nos últimos três meses do ano, a R$ 394,6 milhões. No acumulado de 2020, houve alta de 84,4%, a R$ 1,17 bilhão.

A XP diz avaliar que os resultados são fortes, e impulsionados pelo segmento de shopping centers e residencial, superando suas expectativas apesar do impacto da crise do coronavírus, que levou governos a imporem restrições sobre o funcionamento de shoppings no trimestre.

A receita líquida fechou o trimestre em um patamar acima do esperado, em razão do sólido desempenho dos shoppings, em se tratando de vendas nas mesmas lojas, que subiram 10,3%, frente a queda de 14,3% no trimestre anterior. E também de aluguéis nas mesmas lojas, que subiram 7,1%, frente a queda de 23,8% no trimestre anterior.

A JHSF também se beneficiou das fortes vendas nas unidades na Fazenda Boa Vista e Boa Vista Village. Os segmentos de gastronomia e hotelaria também tiveram melhora, em termos de número de couvert e taxas de ocupação nos hotéis.

A receita líquida foi de R$ 395 milhões, alta de 111% na comparação anual e de 11% frente ao trimestre imediatamente anterior, impulsionada pelo desempenho acima do esperado em shoppings e nas vendas do segmento residencial.

O segmento residencial teve receita líquida de R$ 273 milhões, acima das estimativas de R$ 256 milhões da XP. A receita de shopping centers foi de R$ 65 milhões frente a estimativa de R$ 54 milhões da XP. O Ebitda ajustado, excluindo eventos não recorrentes, foi de R$ 240 milhões, e o Ebitda não ajustado foi de R$ 207 milhões, 17% acima das projeções da XP. O lucro líquido foi de R$ 189 milhões, 27% superior à expectativa da XP.

A XP destacou que a JHSF elegeu cinco novos membros independentes para o conselho de administração. Assim, membros independentes passaram a compor 78% do conselho, um ponto que a XP destacou em se tratando de governança corporativa. Além disso, 54% da holding é composta por mulheres, o que diz ver como um ponto positivo do ponto de vista de diversidade.

IRB (IRBR3)

O IRB Brasil Re informou na quinta após o fechamento que registrou prejuízo líquido de R$ 1,521 bilhão em 2020, frente a lucro de R$ 1,210 bilhão no ano anterior. No quarto trimestre, o prejuízo contábil foi de R$ 620,2 milhões, frente a lucro de R$ 654,4 milhões do mesmo período do ano anterior, e prejuízo de R$ 229,8 milhões no terceiro trimestre.

O total de prêmios emitidos em 2020 foi de R$ 9,596 bilhões, valor 12,7% acima do registrado em igual período do ano anterior, quando totalizou 8,515 bilhões. Já os prêmios emitidos no Brasil totalizaram R$ 4,874 bilhões, uma alta de 1% frente 2019, enquanto os no exterior somaram R$ 4,721 bilhões, alta anual de 28,0% e em parte devido à variação cambial no período.

Nos últimos três meses do ano, os prêmios ficaram praticamente estáveis, passando de 2,098 bilhões no quarto trimestre de 2019 para R$ 2,084 bilhões em igual período de 2020. Veja mais clicando aqui. 

De acordo com o Credit Suisse, mesmo ajustando para itens pontuais, o portfolio run-off (negócios descontinuados) pode continuar levando a impactos negativos nos resultados. “A normalização no underwriting ainda está para ser vista, mas destacamos as iniciativas da gestão para transformar a empresa”, avaliaram os analistas.

Vale (VALE3)

O Conselho de Administração da mineradora Vale decidiu criar uma diretoria exclusiva para sustentabilidade, que será liderada por Maria Luiza de Oliveira Pinto e Paiva, a partir de 15 de março, informou a companhia em comunicado ao mercado nesta quinta-feira.

O movimento, segundo a companhia, vem com o crescimento da agenda de sustentabilidade e governança e para continuar entregando resultados de compromissos assumidos em seu Novo Pacto com a Sociedade, após o rompimento de barragem em Brumadinho, em 2019, que deixou vítimas fatais.

Com experiência de 34 anos em sustentabilidade e recursos humanos, Maria Paiva atuava como diretora de Sustentabilidade da Suzano, desde janeiro de 2019.

Anteriormente, foi diretora executiva de Sustentabilidade, Comunicação e Relações Corporativas da Fibria Celulose de março 2015 a dezembro de 2018. Também trabalhou em empresas como ABN AMRO Real/Santander.

A Vale ressaltou que, nos últimos quatro anos, “sob a liderança de Luiz Eduardo Osorio, a área de Sustentabilidade passou por uma profunda reestruturação para promover o diálogo com as comunidades e aumentar a escuta ativa nos territórios onde a empresa atua”.

“Nesse período, foi definida a estratégia da jornada da Vale rumo a uma empresa carbono neutra em 2050”, afirmou.

Além disso, a companhia destacou que foram definidas metas de recuperação e conservação de 500 mil hectares adicionais de florestas até 2030; de consumo de 100% de eletricidade renovável até 2025 no Brasil e até 2030 em todo o mundo, além de redução de emissões de escopos 1, 2 e 3.

Do lado social, a empresa apontou que a Fundação Vale foi reformulada, o Fundo Vale passou a atuar focado em negócios de impacto e foi criado o Instituto Cultural Vale.

RD (RADL3)

A Raia Drogasil fez acordo para aquisição de 100% da participação acionária da B2U Editora (tech.fit).

A tech.fit é uma start-up brasileira com anos de experiência em desenvolvimento de plataformas digitais para a promoção de hábitos saudáveis. A plataforma inclui aplicativos como Tecnonutri, Dieta e Saúde, Workout e Cuidaí que promovem alimentação saudável e atividades físicas por meio de programas nutricionais, planos de treinos e acesso a profissionais como Nutricionistas, Psicólogos e Educadores Físicos.

Em 2020, mais de 31 milhões de pessoas acessaram os produtos da tech.fit para melhorarem seus hábitos.

“A aquisição da tech.fit permitirá à RD acelerar o desenvolvimento da Plataforma de Saúde, agregando novas soluções, jornadas, conteúdos e competências para serem incorporados aos nossos aplicativos com o objetivo de promovermos saúde e bem-estar junto aos nossos clientes”, explicou a companhia.

A transação faz parte da RD Ventures, plataforma de Corporate Venture Capital que busca investir em negócios que contribuam com a estratégia de crescimento e aceleram a jornada de digitalização em saúde da RD.

Log (LOGG3)

O Bradesco BBI iniciou a cobertura da Log Commercial Properties, com recomendação outperform (expectativa de valorização acima da média do mercado), com preço-alvo de R$ 42, frente aos R$ 31,35 negociados na quinta (18).

O banco diz avaliar que a Log é uma das empresas com os menores custos de produção de armazéns classe A, de R$ 1.100 por metro quadrado de área disponível para aluguel, frente à faixa de entre R$ 1.400 e R$ 1.600 por metro quadrado da maioria de seus concorrentes. Isso se deve a melhor logística e eficiência da construção nas regiões em que opera. Isso permite à empresa lucrar vendendo ativos com ganhos acima da média.

Uma vez que o ativo é construído e alugado, a Log tem a opção de vendê-los integralmente, ou parcialmente, sem perder o controle sobre eles. Isso reduz a duração do fluxo de caixa da companhia, e permite a ela financiar novos projetos.

O banco diz esperar que a Log Commercial Properties construa 400 mil metros quadrados em 2021, e 1,4 milhão de metros quadrados até 2024. Desses, 1 milhão de metros quadrados já estão nos bancos de terrenos da empresa. Segundo o Bradesco, a Log atua em regiões do Brasil com falta de oferta, e usa os planos de expansão de seus clientes como indicador para identificar oportunidades de mercado. O banco afirma que essas regiões têm custos de construção mais baixos, e concorrência mais limitada.

O banco diz avaliar, no entanto, que não há barreiras de entrada significativa para o negócio de armazéns, e que a Log opera em regiões que não sofrem com escassez de terras. Isso pode, potencialmente, levar a aumento da concorrência. Mas o Bradesco diz avaliar que a empresa tem vantagens logísticas que devem mantê-la competitiva.

Suzano (SUZB3) e Klabin (KLBN11)

O Bradesco BBI reforçou a recomendação outperform (desempenho acima da média do mercado) para as ações de Suzano e Klabin, elevando o preço-alvo de ambas. Para SUZB3, top pick do setor de papel e celulose do banco, o preço-alvo foi elevado de R$ 89 para R$ 100 (potencial de valorização de 35%); já para KLBN11, o preço-alvo foi de R$ 35 para R$ 38 (potencial de valorização de 31%).

Neoenergia (NEOE3)

O Credit Suisse comentou a notícia sobre notas técnicas liberadas pela Aneel para a revisão de tarifa da Celpe, subsidiária da Neoenergia, propondo alta de 9,99% na tarifa. A proposta deve continuar a ser discutida até 26 de março de 2021, e os resultados finais devem ser implementados até abril de 2021.

O banco diz avaliar que a proposta de revisão é boa, à medida que a Parcela B é melhor do que o patamar que antecipou, de 4,4%, principalmente devido a base líquida de ativos regulatórios maior do que o esperado. Os custos totais gerenciáveis propostos atingem R$ 834,1 milhões, 11,3% abaixo da estimativa do Credit, mas ainda assim acima dos custos recorrentes para a unidade de Pernambuco.

A base líquida de ativos regulatórios proposta, de R$ 5,665 bilhões, é 8,2% maior do que a estimativa do Credit Suisse, de R$ 5,235 bilhões, o que o banco atribui a reduções tarifárias menores e ativos integralmente depreciados, além do custo regulatório ponderado médio do capital após impostos em 2020 de 7,32%, acima da estimativa de 7,32% do Credit. O banco ressaltou, no entanto, que este é o dado preliminar, e que os resultados finais podem ser diferentes.

O banco diz avaliar que os parâmetros iniciais são bons, e indicam uma parcela B melhor em comparação com as estimativas. O Credit destaca que a Aneel incluiu a requisição da Celpe de diferir parte da alta da tarifa de 2%, como um adiantamento da exclusão do ICMS da base de impostos do PIS/Cofins.

Isso deve ajudar a compensar pelos impactos do ajuste tarifário para consumidores finais, e reduzir a pressão de inadimplência e perdas. O banco diz manter uma visão positiva e avaliação de outperform para a Neoenergia devido a boa performance de custos e potencial de recuperação de volumes. O Credit Suisse mantém preço-alvo para a Neoenergia em R$ 24,10, frente aos R$ 18,11 negociados na quinta (18).

(com Reuters, Agência Estado e Bloomberg)

Para estrategista-chefe da XP, mudança histórica abriu oportunidade para um grupo específico de ativos na Bolsa. Clique aqui ou deixe seu e-mail abaixo para saber de graça como aproveitá-la.

The post Ações da Locaweb avançam 4% após aquisições; JHSF tem leves perdas após balanço do 4º tri appeared first on InfoMoney.