domingo, março 7

A nova moda europeia: botar um trailer em uma bike elétrica e sair por aí

Pesquise “trailer para bicicleta” no Google e verá o que a versão brasileira do buscador lhe mostrará à venda: pequenos habitáculos para você levar um ou dois bebês com a sua magrela. Lá na Europa, porém, já está se tornando comum a venda e uso de barracas de camping rígidas que são leves o suficiente para serem puxadas por bicicletas — de preferência as elétricas, que te poupam de fazer tanto esforço assim durante as jornadas.

Um bom exemplo disso é a Mody, criada pela empresa alemã Rösrath. Trata-se de um trailer feito inteiramente de fibra de carbono ou fibra de vidro, sem utilizar qualquer estrutura metálica — com isso, ele se torna um tanto leve, pesando entre 40 kg a 50 kg dependendo da configuração escolhida pelo cliente. Por dentro, há espaço o suficiente para você descansar, trabalhar ou até mesmo tirar uma soneca com relativo conforto.

A Mody está disponível em três edições distintas: a Tourer, que possui rodas de 26 polegadas e é focada em uso na usada; a Trekking, que possui pneus de uso híbrido; e a Outdoor, que conta com um vão livre do solo maior para enfrentar trechos offroad. Todas possuem janelas, ventilação de teto e — opcionalmente — um painel que capta a energia solar para fornecer energia elétrica ao seu notebook ou carregador de celular.


Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

 

Como dissemos, esta não é a primeira vez que alguém produz um trailer específico para bicicletas: em 2015, a dinamarquesa Wide Path Camper já oferecia um modelo similar, porém mais volumoso, para quem procurava um pouco mais de aventura em duas rodas. Porém, com a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2) e a flexibilização do trabalho remoto, os profissionais estão cada vez mais transformando veículos em casas móveis.

Claro, de acordo com as regras europeias, os trailers da linha Mody possuem limitações mecânicas para não superarem a velocidade máxima de 15,5 milhas por hora (o equivalente a quase 25 km/h). Os valores começam em 5 mil euros (cerca de R$ 33) pela versão Tourer básica em fibra de vidro e escala até 7,5 mil euros (R$ 50,8 mil) para a edição Outdoor mais completa em fibra de carbono. Será que vale a pena o investimento?

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech: