Press "Enter" to skip to content

5 youtubers que são prato cheio para quem ama gastronomia

Muitas pessoas vêm apostando na culinária neste período de isolamento, aproveitando o tempo para aprender a cozinhar. Com isso, a internet pode ser uma grande sala de aula. Mais precisamente, o YouTube, que conta com canais que fornecem valiosas lições de gastronomia, desde o básico até o mais complexo. Tendo isso em mente, trazemos cinco youtubers brasileiros que arrebentam na cozinha e podem te ajudar a aprender um pouco mais sobre a gastronomia.

Chef Planet

O canal Chef Planet foi criado para que Maísa Lopes pudesse compartilhar com os internautas a sua experiência no setor gastronômico que começou há mais de 10 anos na manutenção para cozinhas industriais. Com direito a mais de 100 mil inscritos, o canal já acumulou cerca de 3 milhões de visualizações. A ideia, basicamente, é não apenas te ensinar gastronomia, como também te ajudar a ganhar dinheiro com ela.

Em entrevista ao Canaltech, Maísa conta que seu envolvimento com a gastronomia começou desde muito nova. “Nós morávamos com a minha avó e era comum ela e a minha mãe estarem sempre inventando algo diferente na cozinha. A paixão por cozinhar já estava ali acompanhando o que elas faziam juntas, mas eu ainda não tinha a menor ideia de que acabaria trabalhando algum dia com a gastronomia”, relembra.


Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.

Maísa diz que, na juventude, sua família passou a prestar serviço de manutenção para restaurantes e cozinhas industriais. “Não demorou muito e boa parte da nossa casa virou escritório e estoque de peças de fornos, batedeiras e fritadeiras, tinha um pouco de tudo lá em casa e as conversas giravam sempre sobre como eram as cozinhas de cada cliente, quais os melhores equipamentos, como funcionavam e assim por diante”, relata. Quando viu, Maísa já estava trabalhando junto com eles. Hoje, é formada em Gastronomia e atualmente cursa pós em Cozinha Nacional e Internacional.

Decidiu então abrir um e-commerce para vender equipamentos, mas logo que lançou a empresa, Maísa percebeu que essa venda era muito demorada e que não daria conta de fazer todas as vendas desta forma. Foi aí que surgiu a ideia de gravar vídeos no YouTube. “Com os vídeos ficaria muito mais prático encaminhar as dicas via WhatsApp para os clientes entenderem as diferenças entre as fritadeiras e fogões de alta e baixa pressão, por exemplo”.

 

Para Maísa, o maior desafio é conciliar o tempo com qualidade. “Fazer um vídeo pode ser muito mais complexo do que muitos imaginam, desde a parte da pesquisa, criação de roteiro, set-up de gravação, edição, etc… e conforme o tempo vai passando, você tem vontade de cada vez mais melhorar e inovar nos vídeos, seja fazendo algumas tomadas diferentes ou em uma edição mais elaborada, mas todas essas melhorias demandam de tempo e toda a semana têm que ter vídeo no canal”.

No entanto, ela reconhece que o YouTube é uma plataforma incrível que dá a possibilidade de compartilharmos informações que antes eram de difícil acesso. “Ser uma Youtuber me dá a liberdade de poder criar e ter um canal para passar a minha mensagem adiante, que é possível empreender na gastronomia e ser bem-sucedido. Fazer esse trabalho que faço hoje, ajudando os pequenos empreendedores e poder escutar que fiz alguma diferença na vida deles é muito gratificante e me dá energia para continuar fazendo o esse trabalho”.

Maísa afirma que a gastronomia ainda tem um longo caminho pela frente aqui no Brasil e pode ser muito mais valorizada do que é hoje. “Gastronomia é arte, vida, amor e sabor, tudo isso junto e misturado! Têm algo mais belo e interessante? Além de ser algo encantador, a gastronomia é e sempre será a maior porta de entrada para os pequenos empreendedores”.

Graças à tecnologia, muito mudou neste segmento. “Os marketplaces como iFood e Uber Eats alteraram a dinâmica do setor e hoje, existem inúmeras opções de sistemas e aplicativos de gestão, cada vez mais acessíveis. Mesmo na gastronomia, não estar conectado com a tecnologia é abdicar de inúmeras vantagens e se colocar um passo a trás da concorrência”.

Aos leitores do Canaltech que querem começar a cozinhar, Maísa aconselha: “Se você for começar a cozinhar por hobby, comece hoje! A sensação de misturar alguns ingredientes e no final ter uma receita deliciosa é mágica! Agora, se você for começar a cozinhar com o objetivo de empreender, estude muito antes e faça um bom planejamento. Quanto mais você se dedicar antes de começar o seu negócio, mais você vai aproveitar essa jornada e maior a sua chance de sucesso”.

Tastemade Brasil

A Tastemade é uma grande empresa com canais de gastronomia em diversos países, e com isso, também temos o Tastemade Brasil. O canal, que une mais de 1 milhão de inscritos, traz diversos quadros relacionados com a culinária, além de receitas que vão do básico ao avançado. Até realities fazem parte desse canal, como o Tastemakers, em que fãs do canal competem por uma vaga como apresentador de um dos quadros.

 

O legal é que o Tastemade, apesar de ter todo o seu conteúdo girando em torno da gastronomia, também aposta em outras áreas, como o turismo e o entretenimento – como é o caso dos quadros Comida de Cinema e Comida de Série, por exemplo, em que se ensina receitas presentes em filmes e séries (Sabe aquela comida que você vê em um episódio da sua série favorita e pensa “Uau, isso deve ficar muito bom”? Então). Outro quadro que merece ser mencionado é o Tastedate, em que três participantes cozinham para uma pessoa que desejam conquistar, e essa pessoa escolhe um desses três com base no prato.

Lívia Zaruty

O canal de Lívia Zaruty, que já une quase 200 mil inscritos, vem por meio de um projeto de inclusão social chamado SambaCooking. “Foi no meu desejo em tornar acessível a todos Brasileiros uma educação gastronômica de qualidade que criei esse canal youtube. Como Web Designer e pesquisadora cultural, usei a minha experiência para criar esse canal para agregar conhecimentos gastronômicos e culturais entre o Brasil e a Itália”, explica em meio à descrição que acompanha seu canal.

 

Lívia é pesquisadora de gastronomia e criadora do premiado projeto Etnia Brasileira. Entre 2016 e 2017, foi apresentadora do programa Um, Dois Feijão com Arroz, do Discovery Home&Health.

Torrada Torrada

Outro canal que integra a nossa lista de youtubers que trazem gastronomia é o Torrada Torrada, de Luanda Gazoni, que na verdade é formada em Rádio e TV e já trabalhou em produtoras, agências, na MTV, na Red Bull Brasil até que um dia resolveu dedicar a sua vida ao Torrada Torrada. De acordo com a própria descrição do canal, “aqui você vai encontrar receitas fáceis (bolos, docinhos, entradas, comida brasileira…), dicas de restaurantes e visitar o mundo da gastronomia”.

E isso de visitar o mundo é coisa série. O canal traz um pouco de Paris, Los Angeles, Barcelona, Itália, Amsterdam, Berlin, Dublin, Praga e até a China. “Vou levar você sempre comigo através de vlogs de viagem com todas as dicas de onde comer, onde se hospedar, o que levar, onde ir e o que fazer! Cada vídeo é especial e quero compartilhar com você”, afirma Luanda na descrição.

 

Irina Cordeiro

E para encerrar a nossa lista de youtubers brasileiros, ninguém menos que Irina Cordeiro, que participou da segunda temporada do Masterchef Profissionais. A ideia de seu canal, basicamente, é mostrar que cozinhar pode ser uma tarefa fácil. No entanto, como o próprio slogan de seu canal afirma, “Vai além da comida”. Acontece que ela também foca em assuntos que tangem o comportamento e a qualidade de vida.

 

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

Mission News Theme by Compete Themes.