Press "Enter" to skip to content

5 youtubers brasileiros que falam sobre medicina

Se tem algo que temos acompanhado, é que a área da saúde e a tecnologia têm caminhado cada vez mais lado a lado. Isso se dá por meio de inovações, mas também das redes sociais. E como uma plataforma que aborda inúmeras áreas, o YouTube também traz conteúdos diversos em torno da medicina, seja com dicas de saúde mesmo ou com detalhes acerca da rotina desses profissionais (desde os estudos até a profissão em si). Com isso em mente, trazemos cinco youtubers que te fazem ver de pertinho a medicina.

Dr Lucas Fustinoni

Um dos canais que traz à tona a medicina é o pertencente ao Dr. Lucas Fustinoni, tricologista. O canal une mais de 2 milhões de inscritos, e traz dicas de saúde. O ingresso de Lucas na medicina aconteceu porque o grande sonho de sua mãe era ser médica, e por sua vez, que ele se tornasse médico.

Lucas conta que a ideia de criar um canal surgiu porque, ao estudar em outros países, observou que o Brasil era muito carente de tecnologia médica e informação científica para a população. “Inicialmente, gravava vídeos para meus pacientes, mas percebi que pessoas do Brasil todo estavam acessando. Isso me motivou a criar cada vez mais conteúdo para as pessoas”.


Canaltech no Youtube: notícias, análise de produtos, dicas, cobertura de eventos e muito mais! Assine nosso canal no YouTube, todo dia tem vídeo novo para você!

Dr. Lucas conta que diariamente recebe mensagens de agradecimentos de pessoas que dizem que descobriram doenças precocemente por causa da informação dos vídeos. “Existem muitos sintomas que as pessoas precisam saber para buscar o médico o quanto antes. Nesses casos, desinformação muitas vezes é fatal”.

 

Lucas menciona que a COVID-19 aumentou o interesse das pessoas em saber mais sobre saúde e buscar informações atualizadas. “As pessoas ficando em isolamento tiveram mais tempo para acessar conteúdos científicos e poder cuidar mais da própria saúde. A saúde nunca esteve tão em alta. Percebo que as pessoas estão cada vez mais buscando maneiras de se alimentar melhor, realizar exercícios físicos”.

O médico ressalta a importância de se confiar em conteúdos com embasamento científico, principalmente quando se trata da área da saúde: “Sempre oriento meus seguidores a buscar a informação científica que embasa o conteúdo. Hoje em dia, as bases científicas estão acessíveis a todos e nem ao menos é necessário saber a língua inglesa. Já vi vários casos de pessoas que foram até parar na UTI seguindo fake news. Com saúde não se brinca e vejo como papel do médico nas redes sociais combater esse tipo de desinformação”.

Camila Karam

Assim como Dr. Lucas, a youtuber Camila Karam também traz a medicina como conteúdo de seus vídeos. No entanto, isso acontece de uma maneira completamente diferente. Enquanto o primeiro youtuber da nossa lista aposta em informações e dicas de saúde, Camila se concentra em mostrar a sua rotina como médica recém-formada.

A médica conta que, inicialmente, optou por cursar Direito, mas acabou trancando o curso para fazer medicina. Já o canal no YouTube surgiu pela famosa “pura e espontânea pressão”. “Relutei um pouquinho porque minha rotina já era cansativa, mas optei então por fazer o canal. Comecei a gravar uns vídeos, mas completamente fora do meu nicho atual e sem saber ao certo o que estava fazendo. Com o tempo foi surgindo o interesse por parte dos seguidores em ver meu dia a dia, saber mais sobre a faculdade de medicina, então comecei a gravar os vlogs”, conta a médica.

 

Camila conta que os principal desafios que enfrenta enquanto youtuber é a exposição. “Tem pontos muito positivos, mas também negativos. As pessoas por trás do computador acham que podem falar o que bem entendem, sem ter empatia ou pensar se isso vai magoar o outro. Existem críticas construtivas e existem pessoas só disseminando coisas ruins, e isso é algo que eu não consigo entender. Enquanto médica acho que a rotina por muitas vezes é exaustiva e precisamos manter uma boa saúde mental. Fora isso na medicina é fundamental estar atualizado, muitos artigos a todo momento e não podemos ficar pra trás, eu me cobro muito em relação a isso”, disserta.

Quando a COVID-19 chegou no Brasil, Camila tinha acabado de se formar. “Um clima tenso misturado com um medo, saia dos plantões bem mais cansada por estar todos os minutos tensa, pensando nas medidas de segurança, lendo notícias. Mas acho que o médico tem muito disso de se adaptar, de se moldar de acordo com as situações”, opina.

No entanto, Camila acredita que, por conta da COVID-19, as pessoas passaram a valorizar mais os profissionais da saúde. “Na correria do dia a dia, muitas vezes não paramos para pensar o quanto aquela pessoa que está te prestando um serviço é importante no seu dia a dia, é essencial. Isso com todas as profissões, nem sempre a gente reflete e valoriza o trabalho de alguém, mas quando acontece uma situação extrema, conseguimos enxergar isso”.

Mediários

Antes de ingressar na profissão na área da saúde, vem muito estudo. E isso fica muito claro no canal Mediários, que é apresentado por Bianca e Fabio, estudantes da Faculdade de Medicina da USP (Pinheiros). “Criamos o Vlog Mediários como meio de compartilhar nossa experiência dentro da faculdade, mostrar nossa rotina e discutir temas diversos, inclusive sobre vestibular, para aqueles que estão nessa fase da vida”, consta a descrição do canal.

 

Mediários já une mais de 150 mil inscritos e acumula, em meio aos seus vídeos, 8 milhões de visualizações. Os dois apresentadores do canal mostram a rotina diária enquanto estagiários, e deixam claro o impacto que a COVID-19 teve em suas carreiras, com direito a dias muito mais corridos.

Bruno Pires

Continuando a nossa lista de youtubers brasileiros que investem em conteúdo direcionado à área da saúde, temos o endocrinologista Bruno Pires. Basicamente, ele traz duas coisas em seu canal: informações e dicas sobre saúde (especialmente assuntos voltados a obesidade) e detalhes de sua rotina como médico. Bruno também traz questões a respeito da carreira em si, como especializações e o futuro que essa profissão pode fornecer.

 

O canal apresentado por Bruno já une, desde a sua criação, mais de 100 mil inscritos. Os vídeos hospedados no canal que leva seu nome também já acumulam 6 milhões de visualizações.

Monalisa Nunes

Encerramos a lista de youtubers da medicina com Monalisa Nunes, que acumula mais de 500 mil inscritos. O canal fala um pouquinho sobre tudo: beleza, viagem, cuidados com o cabelo, transição capilar, moda, mas principalmente dicas de estudo e de como passar no vestibular de medicina. Os vídeos também falam um pouco sobre a faculdade de medicina em si e até mesmo sobre séries de medicina, além é claro dos famosos medvlogs, retratando a rotina de uma estudante da área.

 

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

Mission News Theme by Compete Themes.